O ex-treinador Muricy Ramalho - hoje comentarista do SporTV em sua participação no programa "Sala de Redação" desta última quinta-feira saiu em defesa dos treinadores brasileiros sobre um comentário de Jorge Jesus, que em 2018 definiu os técnicos nacionais como ultrapassados.

De acordo com Muricy, o atual técnico do Flamengo não conhecia o futebol brasileiro, por isso criticou os profissionais que aqui trabalham.

"Acho que ele não conhecida o futebol brasileiro. Falou por ouvir falar. Ainda mais depois do 7 a 1, foi uma avalanche de críticas aos técnicos mais antigos. Não vejo assim. Não quero saber se o cara é japonês, português, velho ou novo. Quero saber se o cara é bom treinador. Igual a ele que veio aqui e mostrou que é bom treinador", destacou.

Tal manifestação feita pelo técnico português foi realizada em 2018, no entanto, a mesma só foi publicada nesta semana. Na época, Jorge Jesus, que ainda treinava no mundo árabe, criticou os comandantes técnicos brasileiros a respeito dos treinamentos.

"O treinador brasileiro já foi um pouco ultrapassado em tudo que diz respeito aos treinamentos. Você acha que isso acontece aqui? Porque sempre tiveram grandes jogadores e esses resolveram os problemas táticos sozinhos. Os treinadores não foram obrigados a pensar e criar idéias coletivas. E acabaram sendo ultrapassados. Agora está começando a mudar", disse Jorge Jesus na ocasião.

Para completar, o português ainda disse o seguinte:

"Eles querem todos vir para a Europa para entender nossa metodologia de treinamento. Mas as crianças continuam a jogar na rua, e é na rua que se cria o talento", encerrou ele.