A situação de Jorge Jesus a frente do Benfica está ficando a cada dia mais insustentável, onde agora já não conta mais com o total apoio do presidente dos "Encarnados", como também é conhecido o time português.

Jornais do país e principalmente da capital portuguesa, já especulam quando "Míster" deixará o comando técnico da equipe de Lisboa, visto que esse tropeçou novamente em jogo válido pelo campeonato nacional; agora diante do modesto Farense, onde empatou em 0 a 0, no último domingo.

Míster a beira de um abismo

Com novo tropeço no campeonato nacional, Jorge Jesus não tem mais espaço para resultados ruins, ou seja, para empates ou derrotas e se não conseguir vencer seu próximo compromisso diante do Rio Ave, na próxima segunda-feira, às 16h (de Brasília), é praticamente certo que ele deva ser empurrado "abismo abaixo"; demitido mesmo.

Em sua capa desta última segunda-feira, o jornal português "Record" publicou a vontade do mandatário de trocar o comando técnico dos "Encarnados". Mesmo ocupando a quarta colocação no Campeonato Português, o Benfica está a 15 pontos do líder Sporting, o que para muitos torcedores é inadmissível.

Jorge Jesus no Benfica

Míster chegou ao clube português após uma excelente passagem pelo Flamengo, em 2019, donde esse chegou a Portugal com a moral em alta, no entanto, seu trabalho no clube nacional não vem correspondendo as expectativas, estando bem a quem do que todos do Benfica esperavam.

Desde seu retorno a "terrinha", Jorge Jesus ao comando do Benfica esteve a frente desse em 35 jogos, com 18 vitórias - desempenho bem abaixo do conseguido com o Flamengo, onde em 57 partidas, obteve 39 vitórias.