Conforme divulgamos nesta última quarta-feira, o técnico português - Jorge Jesus sentiu-se mal e precisou ser atendido em um hospital, em Lisboa, onde após a realização de exames teve constatada uma infecção respiratória e não COVID-19, como estavam crendo.

Tudo isso foi motivado por conta de um novo surto do Coronavírus dentro do Benfica, mas o treinador lusitano não teve a doença confirmada. A informação da infecção respiratória em "Míster" foi confirmada pelo próprio Benfica na noite desta última quarta-feira, e por conta disso, a sua presença a beira do gramado diante do Belenense, nesta quinta-feira, pela Taça de Portugal é incerta.

Quadro clínico estável

Segundo o parecer dos "Encarnados", o quadro clínico de Jorge Jesus é estável, no entanto, o ex-técnico do Flamengo ainda dependerá de outros exames complementares. Assim sendo, ele só irá para a beira do gramado, ou seja, para o jogo, caso tenha uma evolução em seu quadro clínico.

Vale lembrar que o Benfica nesta última quarta-feira chegou a cancelar uma coletiva do técnico, horas antes dessa ocorrer, onde informou o ocorrido com "Míster" e desde então passou a informar seu estado de saúde aos repórteres e aos torcedores.