A primeira partida internacional do técnico venezuelano Rafael Dudamel sob o comando do Atlético-MG não foi da maneira esperada. Na noite da última quinta-feira, o Galo foi até a Argentina para enfrentar o Unión Santa Fé, em duelo válido pela 1ª fase da Copa Sul-Americana. Mesmo tendo mais posse de bola, o time brasileiro pecou na efetividade das jogadas, e acabou sendo superado pelos argentinos por 3x0.

O Unión Santa Fé foi a campo com a seguinte escalação: Moyano; Blasi, Calderón, Bottinelli e Corvalán; Javier Méndez, Elias, Carabajal e Cabrera; Walter Bou e Troyansky.

O Atlético-MG foi escalado com: Michael; Maílton, Réver, Gabriel e Fábio Santos; José Welison, Jair, Allan, Hyoran e Marquinhos; Di Santo.

O JOGO

O primeiro tempo foi marcado pela excelente efetividade dos argentinos. Logo aos 4 minutos, após cobrança de lateral, o atacante Walter Bou fez boa jogada individual e, em chute cruzado, abriu o placar. Após sofrer o primeiro gol, o Galo sentiu e pouco criou, além de deixar ainda mais espaços no setor defensivo. A desorganização tática do Galo deu muito espaço aos atacantes do Unión Santa Fé, e aos 43 minutos, após espaço deixado por Fábio Santos, Cabrera se aproveitou, infiltrando e marcando um golaço, para praticamente nocautear a equipe mineira na partida.

Atlético -MG foi totalmente dominado na primeira etapa. (Foto:AFP)
Atlético -MG foi totalmente dominado na primeira etapa. (Foto:AFP)

Na segunda etapa, esperava-se uma postura mais firme e mais agressiva do time brasileiro. Entretanto, os mesmos espaços deixados pela defesa atleticana foram novamente bem aproveitados pelo time argentino, e logo aos 7 minutos, Carabajal conseguiu o domínio dentro da área e, marcado por Réver, não teve dificuldade para ajeitar o corpo e finalizar na saída de Michael para marcar o 3x0. Após o terceiro gol, a equipe brasileira se abateu completamente e abusou dos erros de passe. Aos 45 minutos, o meia Allan ainda desperdiçou um pênalti, e nos acréscimos ainda foi expulso.

Gol no início do segundo tempo abalou o Atlético-MG. (Foto:AFP)
Gol no início do segundo tempo abalou o Atlético-MG. (Foto:AFP)

Agora, para seguir na Sul-Americana, o Atlético terá de vencer o Unión por mais de três gols de diferença. Um triunfo por 3 a 0 leva a decisão da vaga para a disputa de pênaltis. O duelo de volta acontece no dia 20 de fevereiro, às 21h30, no estádio Independência.