Guto Ferreira se quisesse poderia ter ficado menos de 72 horas sem trabalho. Após ser demitido do comando técnico do Internacional, o treinador recebeu um convite do time pernambucano, mas preferiu não aceitar o convite do Sport por acreditar que o período curto na reta final do Campeonato Brasileiro iria prejudicar a implementação de uma filosofia de trabalho. O fato foi confirmado pelo empresário do ex-treinador, Adriano Spadotto.

Com o não de Guto Ferreira, a bola da vez passa ser Milton Mendes, que estava à frente do Vasco da Gama até agosto, quando deixou o clube no meio do campeonato brasileiro. Milton Mendes já treinou o Santa Cruz em 2016, um dos principais adversários do Sport - sob o comando técnico do "santinha", Milton foi campeão pernambucano e da Copa do Nordeste.

Além do Santa Cruz e Vasco, o treinador que está na mira do Sport, já comandou o Atlético Paranaense, o Kashiwa Reysol, o Ferroviária, o Paraná, o Al Shahaniya, o Qatar SC - ambos do Catar, Machico, Bom Sucesso e Marítimo - todos de Portugal.