Rogério Micale não é mais técnico do Atlético Mineiro

Treinador não resistiu a mais uma derrota do Atlético Mineiro e passa a ser o 19º treinador demitido na Série A.

Por
Compartilhe

Com mais uma derrota do Galo Mineiro, agora contra o Vitória, o treinador Rogério Micale se tornou neste final de semana o 19º a deixar o comando técnico de uma equipe da Série A. Visivelmente chateado, o ex-treinador culpou justamente esse sistema de troca-troca de técnicos como um dos grandes motivos pelo fraco desempenho dos clubes brasileiros nas competições internacionais.

Rogério Micale - ex-treinador do Atlético Mineiro.Rogério Micale - ex-treinador do Atlético Mineiro.

“No Brasil existe uma mentalidade que precisa ser mudada. Existe um sistema por trás disso tudo, que começa a gritar muito quando o resultado não vem. Nós temos que aprender com isso. O futebol brasileiro tem que aprender. Enquanto tivermos a mentalidade de somente trocar de técnicos, iremos ter muita dificuldade. Em toda competição internacional estamos tendo dificuldades. A estatística está aí pra ver e repensar o que está errado. Não se faz futebol de um dia para o outro. Mas no país esse sistema não muda e cada vez mais vai ter dificuldades”, declarou Micale.

Vale salientar que na semana passada, esse foi um dos assuntos mais comentados no meio futebolístico nacional, uma vez que o Brasil tinha oito equipes no início da Libertadores e agora conta apenas com uma equipe viva na competição – Santos e Botafogo foram eliminados nas quartas-de-final, restando apenas o Grêmio. 

Leia também:

Rogério Micale até citou isso durante sua coletiva após o jogo em que o Atlético Mineiro foi derrotado pelo Vitória, dizendo que “dos oito clubes brasileiros na Libertadores, apenas dois clubes não trocaram de técnicos em algum momento de 2017: Grêmio e Botafogo”.

Com sua demissão confirmada, Micale deixa o comando técnico do Galo com dois meses de trabalho, onde conquistou duas vitórias pela Primeira Liga e duas pelo Brasileirão, três empates e cinco derrotas - sendo eliminado nas oitavas de final da Libertadores pelo Jorge Wilstermann – BOL e deixando o clube na 11ª colocação do Brasileirão, há apenas três pontos da zona de rebaixamento.

Ao final da coletiva, já demitido do clube, Rogério Micale deixou uma pergunta no ar:

“O que está acontecendo foi só na minha gestão ou já estava acontecendo? São perguntas que a gente precisa reavaliar”, finalizou ele.

Segundo informações, Jair Ventura, treinador do Botafogo é a primeira opção de Daniel Nepomuceno, presidente do clube, para assumir o cargo de treinador do Atlético Mineiro.

Comentários