Novos cortes e novos chamados para compor o elenco da Seleção Brasileira nos próximos compromissos pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022. Sim, Tite não conseguiu ainda manter a primeira lista de chamada para um jogo da seleção após a pandemia.

Os jogadores que foram cortados da lista de convocados para encarar a Venezuela e o Uruguai neste mês, em partidas válidas pela terceira e quarta rodada das eliminatórias, foram os zagueiros Éder Militão e Rodrigo Caio. O primeiro foi diagnosticado com a COVID-19 e não se recuperará a tempo para esses compromissos com a camisa do Brasil; já o segundo está lesionado e dificilmente teria condições de estar presente na seleção.

Felipe e Diego Carlos

Para os lugares destes, Tite chamou Felipe - do Atlético de Madrid e Diego Carlos - do Sevilla. Vale lembrar que essa é a segunda modificação na lista original apresentada pelo comandante técnico no último mês, onde antes do corte destes últimos, também já havia anunciado os cortes de Philippe Coutinho e Fabinho, que foram substituídos por Lucas Paquetá e Allan.

Neymar

Essa lista de jogadores para defender a seleção brasileira diante dos próximos compromissos pelas Eliminatórias de 2022, ainda poderá contar com mais um desfalque, pois Neymar não está 100% confirmado e os próximos dias podem ser fundamentais para a sua permanência ou não para os confrontos do dia 09 e 13 deste mês diante da Venezuela (em São Paulo) e Uruguai (em Montevideo).