Parece que o clima esquentou dentro da Confederação Brasileira de Futebol. Após polêmica entrevista de Francisco Noveletto - vice-presidente da entidade em relação à Neymar, o presidente - Rogério Caboclo diz que o seu vice "não falou pela CBF".

Caboclo afirmou nesta quarta-feira que a opinião de Noveletto é pessoal e mais uma vez garantiu que Neymar estará na Copa América junto com a Seleção Brasileira.

A resposta em relação ao que declarou Francisco Noveletto foi dada diretamente de París, onde Rogério Caboclo participou do Congresso da FIFA, que reelegeu Gianni Infantino presidente da entidade máxima do futebol mundial.

Perguntado sobre um suposto novo vídeo que poderá surgir nos próximos dias, segundo o seu vice-presidente, o mandatário da CBF foi categórico ao afirmar que não tem nenhuma preocupação quanto a isso: "Nenhuma preocupação". Ainda se referindo a Noveletto, Caboclo disse que as declarações do mesmo não correspondem ao pensamento da CBF.

"Creio que ele deve ter falado de acordo com a sua consciência e aos fatos que ele tem conhecimento; não pela CBF", declarou o presidente.

Em meio a toda essa polêmica, Neymar viajou com a delegação brasileira que irá enfrentar nesta quarta-feira a seleção do Catar, em Brasília, às 21h30, no estádio Mané Garrincha, em uma partida amistosa em preparação para a Copa América - o camisa 10 do PSG deverá estar entre os 11 titulares de Tite; veja a possível escalação do Brasil para o duelo de logo mais a noite diante do Catar: Éderson; Daniel Alves, Miranda, Marquinhos e Filipe Luís; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho; Neymar, Richarlison e Gabriel Jesus.