De líder a subordinado - Neymar perde a faixa de capitão para Daniel Alves

O “craque” da seleção perdeu tal “autoridade” pelos últimos acontecimentos na França, onde joga; Neymar ao agredir um torcedor nas arquibancadas após a final da Copa da França, demonstrou não estar a “altura” de assumir a liderança máxima dentro de campo com a "amarelinha".

Por Minha Torcida
Compartilhe

Sem muitas delongas, Tite - treinador da Seleção Brasileira confirma que Neymar não é mais o capitão brasileiro, passando a responsabilidade para seu amigo e companheiro de Paris Saint-Germain; aqui falamos de Daniel Alves, que durante os jogos da Copa América será o responsável por carregar a faixa em seu braço e com isso comandar seus companheiros dentro de campo.

O "craque" da seleção perdeu tal "autoridade" pelos últimos acontecimentos na França, onde joga; Neymar ao agredir um torcedor nas arquibancadas após a final da Copa da França, na qual o seu time saiu de campo derrotado pelo Rennes, nos pênaltis, demonstrou não estar a "altura" de assumir a liderança máxima dentro de campo com a camisa amarela, com isso, provou-se que a tentativa de fazer do atacante o principal líder da nossa seleção, não deu muito certo, não pelas idéias do nosso treinador, mas sim muito pelas atitudes em campo e fora dele por quem deveria se mostrar digno de receber tal "missão".

Neymar - camisa 10 da Seleção Brasileira.Neymar - camisa 10 da Seleção Brasileira.

Claro que ele ainda sem sombra de dúvidas continua sendo um dos principais nomes do futebol brasileiro, ao lado de tantos outros, como Alisson e Daniel Alves, por exemplo, o novo dono da faixa de capitão.

No entanto, o "mundo" ainda não perdoou as "simulações" exageradas do nosso camisa 10 na última edição da Copa do Mundo, ao qual julgou mau comportamento em campo, onde para atenuar qualquer situação de "mal-estar", a comissão técnica da seleção brasileira justifica tal mudança - além do comportamento na final da Copa da França, a que ele ainda não superou tais críticas da Copa da Rússia.

Para a Confederação Brasileira de Futebol - CBF, a mesma aposta que Neymar não irá reagir mal a perca da faixa, pelo contrário, a entidade acredita que ele possa se sentir mais leve, uma vez que isso irá tirá-lo do foco e consequentemente poderá desenvolver seu futebol mais livremente dentro de campo.

Daniel Alves e Tite na coletiva que confirmava a sua volta a capitania da seleção brasileira.Daniel Alves e Tite na coletiva que confirmava a sua volta a capitania da seleção brasileira.

No entanto, a faixa de "capitão" que foi no início da trajetória de Tite na seleção um trunfo, acabou se tornando numa tremenda dor de cabeça que o treinador do Brasil não esperar ter que passar nessa altura, mas acreditamos que ela estará em boas "mãos", visto o currículo de Daniel Alves na Seleção Brasileira, onde aos 36 anos tem 108 jogos com a amarelinha e 39 títulos conquistados - um recorde mundial.

Mais sobre: neymar capitao selecao
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal