Edu Gaspar deve trocar a Seleção Brasileira pelo Arsenal após a Copa América

Desde 2016 como funcionário da Confederação Brasileira de Futebol – CBF, Edu que tem o papel de coordenador da seleção brasileira e possui contrato em vigor com a entidade até o fim da Copa do Mundo do Catar, deverá por um ponto final nesta história após a Copa América.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Mesmo sem confirmar, Edu Gaspar - coordenador da Seleção Brasileira está de saída para o Arsenal. O brasileiro irá assumir a função de diretor de futebol no clube inglês.

Desde 2016 como funcionário da Confederação Brasileira de Futebol - CBF, Edu que tem o papel de coordenador da seleção brasileira, tem contrato em vigor com a entidade até o fim da Copa do Mundo do Catar, porém, deverá por um ponto final nesta história após a Copa América que será realizada no Brasil, entre os meses de junho e julho deste ano.

Edu Gaspar - a frente de sua função na Seleção Brasileira - um dos braços direito do treinador TIte.Edu Gaspar - a frente de sua função na Seleção Brasileira - um dos braços direito do treinador TIte.

Ambos ainda evitam falar no assunto, afirmando que estão totalmente focados na conquista da Copa América, que como já falamos, será realizada entre os meses de junho a julho no Brasil.

Com um "sonho" de trabalhar no "Velho Continente", Edu que jogou profissionalmente no Arsenal entre os anos de 2001 a 2005, tem livre trânsito no clube londrino, onde também é bastante respeitado. Segundo informações não reveladas de dentro da confederação, o dirigente já confirmou internamente que deixará o cargo na CBF ao presidente da entidade.

Ainda segundo a provável saída de Edu para o Arsenal, poderá causar uma certa disputa interna dentro da entidade, uma vez que o treinador da Seleção Brasileira - Tite teria a preferência por Duílio Monteiro Alves assumindo a função - atualmente ele é diretor no Corinthians, porém, Caboclo - presidente da CBF, não está disposto a aceitar, por dois motivos:

Primeiro: Duílio é ligado a Andrés Sanchez, dirigente que fez oposição ao atual presidente da CBF.

Segundo: O presidente da entidade quer dar espaço a ex-jogadores que já vestiram a camisa da seleção brasileira.

Assim sendo, ele acredita que o próximo coordenador deverá ser um ex-atleta com bastante conhecimento de campo e que tenha experiência em gestão. Com isso, as chances de Juninho Paulista ser o novo Coordenador da Seleção Brasileira, são muito grandes.

Mais sobre: edu gaspar selecao arsenal
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
O que ler em seguida
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal