André Jardine, ex-treinador do São Paulo está muito próximo de ser confirmado como o novo treinador da Seleção Brasileira Sub-20. Presente junto à sede da CBF, no Rio de Janeiro, Jardine e seu empresário acertam os últimos detalhes para a assinatura do contrato.

Jardine se confirmado for, irá substituir Carlos Amadeu, demitido após o Sul-Americano da categoria. Funcionário do São Paulo ainda, o clube paulista que deu um período de descanso ao profissional se reorganizar, está dando todo apoio nesse processo.

Mesmo não tendo um bom início na carreira de técnico de um time profissional, Jardine é um colecionador de taças nas categorias de base. Ele já conquistou mais de 30 campeonatos pelo Grêmio e Internacional, quando comandava a base nesses clubes.

Desde 2015 no São Paulo, ele ainda conquistou a COPA RS, a Copa Libertadores, duas vezes a Copa do Brasil e foi campeão Paulista e da Copa Ouro, quando comandou a base do clube paulista, antes de assumir a função de auxiliar técnico e posteriormente a função de treinador principal.

Jardine que deixou o comando técnico do São Paulo no dia 14 de fevereiro, após a eliminação do Tricolor na primeira fase da Pré-Libertadores, para o Talleres - da Argentina, foi um dos profissionais que participou ativamente da formação do quarteto que hoje arrebenta no time principal do São Paulo - aqui falamos de Luan, Liziero, Igor Gomes e Antony.

O comandante técnico deverá ser anunciado como o mais novo treinador da Seleção Brasileira Sub-20 até no máximo na próxima sexta-feira, se tudo transcorrer conforme o previsto por ele e seu empresário.