Comissão técnica do Brasil não tem planos imediatos para Neymar

Devido a nova lesão no pé que foi submetido a uma intervenção cirúrgica em 2018, Neymar poderá ficar de fora dos confrontos das oitavas de final da Champions League, diante do Manchester United – o atacante também poderá ficar de fora da próxima convocação do Brasil, em março.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Após o treinador da Seleção Brasileira afirmar que não convocaria Neymar em caso de nova lesão no quinto metatarso do pé direito - nem que isso lhe custasse seu emprego, o Coordenador da Seleção - Edu Gaspar, diz que não existem planos para contar com o jogador, afirmando ainda que todos tem que respeitar as decisões do Paris Saint-Germain.

Edu Gaspar - Coordenador da Seleção Brasileira.Edu Gaspar - Coordenador da Seleção Brasileira.

"Temos que lembrar que Neymar é um atleta do Paris Saint-Germain e precisamos respeitar as suas decisões. Lasmar (o médico da Seleção Brasileira) irá analisar a sua situação e auxiliar o PSG quanto à decisão a ser tomada e somente depois disso é que tomaremos qualquer decisão técnica", declarou o dirigente.

Na mesma entrevista, Edu ainda comentou sobre a postura do PSG em relação à nova lesão sofrida por Neymar, revelando também que o clube do exterior terá o apoio do médico da "Seleção Brasileira" durante toda a sua recuperação.

"O PSG está sendo bastante conservador. Convocaram o médico do clube, o doutor Lasmar e outros especialistas, para somente analisar o fato e posteriormente tomar uma decisão", declarou.

Devido a essa nova lesão no pé que foi submetido a uma intervenção cirúrgica em 2018, Neymar poderá ficar de fora dos confrontos das oitavas de final da Champions League, diante do Manchester United - além de dúvida diante da partida pela maior competição do "Velho Continente", o atacante também poderá ficar de fora dos próximos amistosos do Brasil, em março.

Tite que também deu seu pronunciamento, disse que assim como Tomas Tüchel (treinador do PSG), está triste com a situação.

"Quero ficar na torcida por uma recuperação rápida dele, onde aproveito para fazer das minhas palavras, as do Tüchel: assim como ele, estou triste, mas deixo minha expectativa de melhora", declarou o treinador da Seleção Brasileira.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal