Taffarel explica porque da ausência de Vanderlei na Seleção Brasileira

Taffarel, preparado de goleiros da Seleção Brasileira da explicações porque da ausência de Vanderlei, goleiro do Santos, na convocação de Tite.

Por
Compartilhe

Ao chegar ao hotel que hospedará a delegação da Seleção Brasileira em Porto Alegre, o preparador de goleiros, Cláudio André Taffarel, que mora a duas quadras do local, deu um resumo do motivo da escolha dos goleiros que foram convocados para os jogos contra Equador e Colômbia pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.

Taffarel dando autógrafos em sua chegada ao Hotel da Delegação da Seleção em Porto Alegre.Taffarel dando autógrafos em sua chegada ao Hotel da Delegação da Seleção em Porto Alegre.

Após duras críticas pela ausência de Vanderlei, destaque do Santos no Brasileirão, Taffarel, que acompanhou os treinamentos dele e dos goleiros que foram convocados para os próximos jogos pelo Brasil, explicou o porquê das escolhas de Tite na convocação.

De acordo com ele, Alisson, goleiro da Roma, ainda tem uma vantagem na briga pela camisa 1, uma vez que ele assumiu a titularidade da equipe italiana nesta temporada – desejo de Tite desde que assumiu a Seleção.

Taffarel dando entrevista as rádios e Tvs presentes em sua chegada ao hotel em Porto Alegre.Taffarel dando entrevista as rádios e Tvs presentes em sua chegada ao hotel em Porto Alegre.

“Próximo de uma competição como a Copa do Mundo, é muito importante o goleiro estar bem, treinado, jogando bastante. A sequência de jogos dele na seleção foi muito importante. Alisson tem uma tranquilidade incrível e demonstra isso tanto em jogos como nos treinamentos, ele joga junto com a defesa e por isso está um pouco acima dos demais, mas isso também não quer dizer que os outros estejam mal, claro que não. Tudo vai depender do que eles mostrarem daqui para frente”.

“O Cássio pode ter uma bagagem mais afirmada, com passagens pela seleção brasileira, títulos importantes, competições de peso, por isso optamos por ele, mas nós continuaremos a observar de perto o Vanderlei”, explicou Taffarel quanto à escolha do goleiro do Corinthians ao invés do goleiro do Santos.

Ainda em relação a esse assunto, o preparador de goleiros da Seleção Brasileira continuou:

“Esse tipo de escolha não mostra se um é melhor ou pior que o outro. Eles devem estar muito felizes, o Vanderlei principalmente, de estar sendo observado. Isso não quer dizer que em uma próxima convocação ele não possa estar na lista; nossa observação em cima dele irá continuar. Vanderlei é um excelente goleiro e que continue trabalhando do jeito que está, pois contamos com ele”.

Alisson, Cássio e Ederson começarão a trabalhar sob o comando de Taffarel, Tite e os demais membros da comissão técnica, nesta segunda-feira, no CT do Grêmio, em Porto Alegre. A partida contra o Equador será nesta quinta-feira, às 21h45, na Arena do Grêmio.

Comentários