Brasil inicia período de observação visando a Copa América

Brasil e El Salvador se encaram nesta terça-feira, em Washington – EUA, às 21h30 (horário de Brasília).

Por
Compartilhe

Agora é pra valer! Depois de um recomeço de Tite a frente da Seleção Brasileira pós-copa onde o Brasil venceu com certa facilidade a seleção dos Estados Unidos, no confronto desta noite diante de El Salvador o técnico inicia o período de observações para a Copa América, do ano que vêm.

Diferentemente do jogo contra o time do “Tio Sam”, nesta terça-feira a seleção brasileira terá pelo menos seis mudanças na equipe que entrará em campo como titular. Desses seis, quatro serão estreantes, bem como Neto, Éder Militão, Arthur e Richarlison – lembrando que Arthur já foi convocado por Tite, mas na ocasião não entrou em campo e na partida diante dos EUA participou em alguns minutos, mas não como titular.

Arthur - volante do Barcelona iniciará pela primeira vez um jogo entre os titulares da seleção.Arthur - volante do Barcelona iniciará pela primeira vez um jogo entre os titulares da seleção.

Além desses, outras duas novidades no time desta terça-feira irão iniciar o duelo diante de El Salvador – Alex Sandro e Dedé.

Em entrevista coletiva no início desta semana, Tite comentou sobre o confronto diante da Seleção que é apenas a 72ª colocada no ranking da FIFA.

“Historicamente o Brasil já perdeu para equipes tecnicamente inferiores. Por esse motivo temos a responsabilidade de jogar bem e vencer”, declarou o comandante técnico do Brasil.

Tite e sua comissão técnica durante a mesma entrevista deixaram mais uma vez claro que os amistosos de setembro (EUA e El Salvador), outubro (Arábia Saudita e Argentina) e novembro (times a definir) serão para observação para a competição do ano que vem (a Copa América). Na data FIFA de março de 2019, o treinador já planeja convocar o time base que irá disputar a competição continental, no Brasil.

Tite em conversa com o elenco brasileiro nesta última segunda-feira.Tite em conversa com o elenco brasileiro nesta última segunda-feira.

“Nós podemos aproveitar os amistoso contra El Salvador, contra Arábia Saudita... Mas contra a Argentina será força máxima, sempre. Contra eles não tem essa de amistoso, é um campeonato a parte”, finalizou Tite.

Brasil e El Salvador se encaram nesta terça-feira, em Washington – EUA, às 21h30 (horário de Brasília).

Comentários