Com uma ascensão incrível em sua carreira, conseguindo manter uma invencibilidade no comando da Seleção Brasileira e de ter já classificado a mesma para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, Tite foi escolhido pela FIFA para concorrer ao Prêmio de Melhor Treinador de 2017.

O nosso treinador, se é que podemos chamar assim, concorre ao prêmio de melhor treinador de 2017 com outros 11 nomes. A lista foi divulgada pela FIFA na manhã desta quinta-feira e o nome do técnico da Seleção Brasileira aparece concorrendo com treinadores dos melhores times do mundo, bem como Carlo Ancelotti - Bayern de Munique, Luis Enrique - ex-Barcelona, Pep Guardiola - Manchester City, José Mourinho - Manchester United, Simeone - Atlético de Madrid, Zinedine Zidane - Real Madrid e Joachim Low - Seleção da Alemanha.

Essa lista preliminar foi escolhida de um painel definido pela FIFA com onze ex-jogadores de várias parte do mundo, bem como Maradona - Argentina, Cafú - Brasil, Valderrama - Colômbia, Puyol - Espanha, Donavam - EUA, Van der Sar - Holanda, Nakata - Japão, Okocha - Nigéria, Ivan Vicelich - Nova Zelândia, Alex Frei - Suíça e Francescoli - Uruguai.

 O grande vencedor será escolhido em uma seletiva que terá votos dos treinadores das seleções nacionais, capitães, jornalistas e fãs. Para o público, a votação começará já na próxima segunda-feira através do site oficial da FIFA. A votação se encerra no dia 07 de setembro e no mesmo mês será anunciada a lista com os três finalistas de todas as categorias.

A escolha desta lista leva em conta o trabalho realizado ao longo da última temporada europeia - assim sendo, do período entre 20 de novembro de 2016 a 02 de julho de 2017.

Confira aqui o nome dos 12 concorrentes ao "Prêmio de Melhor Treinador de 2017":