CBF espera definir permanência de Tite ainda nesta semana

Em 2019, a Seleção Brasileira será a anfitriã da Copa América, que será realizada no país – com 10 seleções da Conmebol mais as seleções do Japão e do Catar.

Por
Compartilhe

Sem ainda ter fechado um novo acordo junto a Confederação Brasileira de Futebol – CBF, o técnico Tite, juntamente com a direção da confederação teve a primeira conversa para a permanência do treinador frente ao comando técnico da Seleção Brasileira. Nesta “reunião”, Tite juntamente com representantes da CBF trataram sobre conceitos a serem usados na próxima etapa do trabalho.

Tite - técnico da Seleção Brasileira.Tite - técnico da Seleção Brasileira.

Na reunião acima citada, estavam presentes o próprio treinador, o coordenador Edu Gaspar e o diretor executivo da CBF – Rogério Caboclo – futuro presidente da entidade máxima do futebol brasileiro, que assumirá o comando do futebol nacional a partir de abril de 2019. A confirmação de um acerto entre treinador e CBF deverá ocorrer ainda durante essa semana.

Na ocasião, os três debateram muito sobre idéias que poderão nortear o trabalho da “comissão técnica” ao longo dos próximos quatro anos e meio, ou seja, até a Copa do Mundo do Catar, em 2022. Vale lembrar que a competição no Catar será disputada entre os meses de novembro a dezembro, devido às altas temperaturas no país sede dos jogos.

Com um primeiro contato com os dirigentes da Confederação, agora entra em cena o empresário de Tite – Gilmar Veloz, que terá papel fundamental nos últimos detalhes do acerto para o novo contrato de seu cliente junto a CBF.

As tratativas não deverão se estender muito, uma vez que em menos de um mês, o treinador da Seleção Brasileira terá que convocar a mesma para o primeiro amistoso pós-copa. A partida será no dia 7 de setembro, em Nova Jersey, contra os Estados Unidos.

Em 2019, a Seleção Brasileira será a anfitriã da Copa América, que será realizada no país – com 10 seleções da Conmebol mais as seleções do Japão e do Catar; que participarão como convidadas.

 

Mais sobre: brasil tite cbf
Comentários