Daniel Alves para por três semanas e poderá ficar de fora da Copa do Mundo

De hoje até o dia da estreia do Brasil, no Mundial, o atleta terá pouco mais de um mês para se recuperar e voltar a ter condições físicas ideais para estar em campo.

Por
Compartilhe

Titular incontestável da lateral-direita da seleção brasileira – Daniel Alves poderá ficar de fora da lista dos convocados para a Copa do Mundo, na Rússia, devido a uma lesão no joelho direito durante a final da Copa da França, onde o Paris Saint-Germain sagrou-se campeão nesta última terça-feira.

Daniel Alves no momento em que sentiu sua lesão.Daniel Alves no momento em que sentiu sua lesão.

De acordo com exames complementares, Dani – como é carinhosamente chamado por seus companheiros, ficará de fora dos gramados por pelo menos três semanas devido a um estiramento no ligamento colateral lateral do seu joelho direito.

Porém o lateral não corre risco de ser submetido a um tratamento cirúrgico, mas mesmo assim, colocou uma dúvida na sua presença em campo na estreia do Brasil na Copa do Mundo, no dia 17 de junho, contra a Suíça, em Rostov, na Rússia.

De hoje até o dia da estreia do Brasil no Mundial, o atleta terá pouco mais de um mês para se recuperar e voltar a ter condições físicas ideais para voltar a campo. Assim sendo, a convocação do jogador na próxima segunda-feira dependerá exclusivamente de Tite – treinador da Seleção Brasileira.

Caso Tite ache que não deva levar Dani Alves para os jogos, o treinador abrirá uma disputa boa pela vaga de lateral-direito, visto que estarão brigando pela posição, Fagner, do Corinthians, Rafinha, do Bayern de Munique e Danilo, do Manchester City. Destes três, um ficaria de fora, já caso Daniel Alves seja convocado, restará apenas uma vaga para três!

A assessoria do jogador divulgou agora a pouco, uma nota informando sobre a lesão do mesmo, que diz o seguinte:

“Após sofrer um traumatismo no joelho direito durante a final da Copa da França, Daniel Alves realizou nesta quarta-feira exames que mostraram uma alta desinserção do ligamento cruzado anterior com entorse póstero-externo. Sua condição requer um mínimo de três semanas de cuidados antes de nova avaliação”, informou em nota a assessoria do lateral-direito.

Vale lembrar que Daniel Alves foi titular da lateral-direita da seleção brasileira nas Copas do Mundo de 2010 e 2014 e por sua experiência era um dos jogadores certos na lista que Tite anunciará às 14h da próxima segunda-feira, na sede da CBF, no Rio de Janeiro.

Comentários