Sabe quais são as maiores goleadas já aplicadas pelo São Paulo? um dos maiores clubes brasileiros, da América do Sul e porque não, do Mundo, teve jogos incríveis empilhando gols em várias ocasiões.

O Tricolor Paulista tem inúmeras goleadas sobre seus principais rivais, mas algumas são marcantes, como em cima do Real Madrid, Barcelona, Corinthians e muitos outros times. A mais recente aconteceu pela Copa do Brasil 2021 em cima do 4 de Julho do Piauí.

Traremos aqui as maiores goleadas aplicada pelo Tricolor Paulista em sua bonita história no futebol estadual, brasileiro e mundial. Vamos a elas.

Maiores goleadas do São Paulo

1933

O clássico Majestoso - entre São Paulo e Corinthians é sem dúvida alguma um dos maiores do estado e também do Brasil e foi no ano de 33 que o Tricolor Paulista aplicou a maior goleada sobre o seu maior rival, o Corinthians, em partida válida pelo torneio Rio-São Paulo e pelo Paulista daquele ano. Com gols de Waldemar de Brito, Armandinho, Luizinho (3) e Hércules, o Tricolor meteu 6 a 1 no Timão.

1944

Se em 1933 o São Paulo goleou o Corinthians por 6 a 1 no clássico Majestoso, em 1944 o Tricolor Paulista não perdoou outro rival paulista - agora o Santos, no clássico SanSão pelo campeonato estadual, onde esmagou os santistas na Vila Belmiro pelo placar de 9 a 1. Neste mesmo dia, o time amador do São Paulo derrotou o time amador do Santos pelo placar de 14 a 0. Dia histórico!

1991

Ainda no século passado, já nos anos 90, o São Paulo com três gols de Raí voltou a derrotar um de seus principais rivais paulistas - o Corinthians, onde praticamente garantiu o título do Campeonato Paulista daquele ano, ao vencer o Timão por 3 a 0. Essa partida foi válida pelo jogo de ida da grande final do Paulistão de 91. Memorável.

1992

Aqui uma das goleadas mais históricas para o São Paulo. Em agosto de 1992, o Tricolor Paulista, já campeão da Libertadores daquele ano, passou por cima de um dos maiores clubes do mundo; falamos aqui do Barcelona de Cruyff no torneio Troféu Tereza Herrera, em La Coruña. Com gols de Müller, Maurício e Raí, o São Paulo esmagou o time catalão por 4 a 1, dando uma pequena mostra para os europeus do que seria o Mundial de Tóquio. Neste mesmo ano, no torneio Troféu Ramón de Carranza, o time brasileiro voltou a derrotar outro gigante espanhol - o Real Madrid, pelo placar de 4 a 0.

1999

Em partida válida pelo Paulistão daquele ano, o São Paulo de Paulo César Carpegiani não tomou conhecimento do Palmeiras de Felipão e goleou o "Verdão" por 5 a 1, com gols de Serginho, Marcelinho Paraíba e Edu. Arce descontou para o Palmeiras.

2002

Em partida marca pela agressão de Romário em Andrei - companheiro de time, o São Paulo pelo Brasileirão goleou o Fluminense por 6 a 0, com gols de Luis Fabiano, Julio Baptista, Kaká, Régis e Leandro Amaral.

2005

Pela final da Libertadores de 2005, o São Paulo sagrou-se campeão daquele torneio ao bater o Athletico sem dificuldades alguma, vencendo o confronto por 4 a 0, com gols de Amoroso, Fabão, Luizão e Diego Tardelli. Era o tri da Libertadores.

2012

No Brasileirão daquele ano, o São Paulo deu uma mão para um de seus maiores rivais paulistas - o Palmeiras em seu rebaixamento, ao goleá-lo por 3 a 0 no Morumbi. Os gols do Tricolor Paulista foram marcados por Luis Fabiano e Denilson - que marcou o seu gol quase do meio de campo.

2013

Um dos maiores "sacos" de pancada do São Paulo nos últimos anos foi o Vasco da Gama, que em 2013 foi derrotado pelo clube paulista por 5 a 1, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Lembrando que em 2006, o Vasco já havia tomado outro chocolate do São Paulo pelos mesmos 5 a 1.

2015

Para seguir nesta linha, nova derrota por goleada sofrida agora pelo Cruzmaltino no Brasileirão de 2015, o Tricolor Paulista não teve piedade do Vasco, em pleno Mané Garricha, e goleou o adversário carioca por 4 a 0 - com gols de Pato, Michel Bastos, Wesley e Boschilia.

2021

Continuando a contar a história das maiores goleadas aplicadas pelo São Paulo ao longo dos anos, no dia 08 de junho de 2021, diante do modesto 4 de Julho do Piauí, em duelo válido pela terceira fase da Copa do Brasil, o Tricolor Paulista que necessitava de um placar favorável para avançar de fase no torneio após perder o jogo de ida por 3x2, aplicou uma sonora goleada de 9 a 1, e olha que poderia ter sido mais, uma vez que dois gols foram anulados pela arbitragem.

Os gols foram anotados por: Pablo (três vezes), Luciano (duas vezes), Gabriel Sara, Emiliano Rigoni, Bruno Alves e Chico Bala (contra). A goleada aqui citada é atualmente a segunda maior da história do clube atuando no Estádio do Morumbi, perdendo apenas para os 10 a 0 em cima do Botafogo - da Paraíba, também pela Copa do Brasil, no ano de 2001.

2022

O Tricolor Paulista no dia 30 de março de 2022 aplicou uma nova goleada que entrou em sua história, essa diante do Palmeiras, pelo primeiro jogo de ida das finais do Paulistão, onde esse venceu o jogo por 3 a 1, com gols de Pablo e Calleri - 2 vezes; o gol do Verdão foi de Raphael Veiga.

Veja outras goleadas aplicadas pelo São Paulo em sua história, mas contra adversários e competições bem menos expressivas:

1933 - 12 X 1 Sírio (SP)
1945 - 12 X 1 Jabaquara (SP)
1932 -11 X 0 Internacional (SP)
1943 - 10 X 0 Operário (SP)
1950 - 10 X 0 Guarani (SP)
2001 - 10 X 0 Botafogo (PB)

E aí amigos, gostaram desta história real do futebol? Se sim, não deixe de curtir nossas matérias em nosso site e de nos seguir em nossas redes sociais.