Sabe quais são as maiores goleadas já aplicadas pelo São Paulo? um dos maiores clubes brasileiros, da América do Sul e porque não, do Mundo, teve jogos incríveis empilhando gols em várias ocasiões.

O Tricolor Paulista tem inúmeras goleadas sobre seus principais rivais, mas algumas são marcantes, como em cima do Real Madrid, Barcelona, Corinthians e muitos outros times. A mais recente aconteceu pela Copa do Brasil 2021 em cima do 4 de Julho do Piauí.

Traremos aqui as maiores goleadas aplicada pelo Tricolor Paulista em sua bonita história no futebol estadual, brasileiro e mundial. Vamos a elas.

Maiores goleadas do São Paulo

1933

O clássico Majestoso - entre São Paulo e Corinthians é sem dúvida alguma um dos maiores do estado e também do Brasil e foi no ano de 33 que o Tricolor Paulista aplicou a maior goleada sobre o seu maior rival, o Corinthians, em partida válida pelo torneio Rio-São Paulo e pelo Paulista daquele ano. Com gols de Waldemar de Brito, Armandinho, Luizinho (3) e Hércules, o Tricolor meteu 6 a 1 no Timão.

1944

Se em 1933 o São Paulo goleou o Corinthians por 6 a 1 no clássico Majestoso, em 1944 o Tricolor Paulista não perdoou outro rival paulista - agora o Santos, no clássico SanSão pelo campeonato estadual, onde esmagou os santistas na Vila Belmiro pelo placar de 9 a 1. Neste mesmo dia, o time amador do São Paulo derrotou o time amador do Santos pelo placar de 14 a 0. Dia histórico!

1991

Ainda no século passado, já nos anos 90, o São Paulo com três gols de Raí voltou a derrotar um de seus principais rivais paulistas - o Corinthians, onde praticamente garantiu o título do Campeonato Paulista daquele ano, ao vencer o Timão por 3 a 0. Essa partida foi válida pelo jogo de ida da grande final do Paulistão de 91. Memorável.

1992

Aqui uma das goleadas mais históricas para o São Paulo. Em agosto de 1992, o Tricolor Paulista, já campeão da Libertadores daquele ano, passou por cima de um dos maiores clubes do mundo; falamos aqui do Barcelona de Cruyff no torneio Troféu Tereza Herrera, em La Coruña. Com gols de Müller, Maurício e Raí, o São Paulo esmagou o time catalão por 4 a 1, dando uma pequena mostra para os europeus do que seria o Mundial de Tóquio. Neste mesmo ano, no torneio Troféu Ramón de Carranza, o time brasileiro voltou a derrotar outro gigante espanhol - o Real Madrid, pelo placar de 4 a 0.

1999

Em partida válida pelo Paulistão daquele ano, o São Paulo de Paulo César Carpegiani não tomou conhecimento do Palmeiras de Felipão e goleou o "Verdão" por 5 a 1, com gols de Serginho, Marcelinho Paraíba e Edu. Arce descontou para o Palmeiras.

2002

Em partida marca pela agressão de Romário em Andrei - companheiro de time, o São Paulo pelo Brasileirão goleou o Fluminense por 6 a 0, com gols de Luis Fabiano, Julio Baptista, Kaká, Régis e Leandro Amaral.

2005

Pela final da Libertadores de 2005, o São Paulo sagrou-se campeão daquele torneio ao bater o Athletico sem dificuldades alguma, vencendo o confronto por 4 a 0, com gols de Amoroso, Fabão, Luizão e Diego Tardelli. Era o tri da Libertadores.

2012

No Brasileirão daquele ano, o São Paulo deu uma mão para um de seus maiores rivais paulistas - o Palmeiras em seu rebaixamento, ao goleá-lo por 3 a 0 no Morumbi. Os gols do Tricolor Paulista foram marcados por Luis Fabiano e Denilson - que marcou o seu gol quase do meio de campo.

2013

Um dos maiores "sacos" de pancada do São Paulo nos últimos anos foi o Vasco da Gama, que em 2013 foi derrotado pelo clube paulista por 5 a 1, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Lembrando que em 2006, o Vasco já havia tomado outro chocolate do São Paulo pelos mesmos 5 a 1.

2015

Para finalizar, nova derrota por goleada sofrida pelo Cruzmaltino. Pelo Brasileirão de 2015, o Tricolor Paulista não teve piedade do Vasco, em pleno Mané Garricha, e goleou o adversário carioca por 4 a 0 - com gols de Pato, Michel Bastos, Wesley e Boschilia.

2021

Continuando a contar a história das maiores goleadas aplicadas pelo São Paulo ao longo dos anos, no dia 08 de junho de 2021, diante do modesto 4 de Julho do Piauí, em duelo válido pela terceira fase da Copa do Brasil, o Tricolor Paulista que necessitava de um placar favorável para avançar de fase no torneio após perder o jogo de ida por 3x2, aplicou uma sonora goleada de 9 a 1, e olha que poderia ter sido mais, uma vez que dois gols foram anulados pela arbitragem.

Os gols foram anotados por: Pablo (três vezes), Luciano (duas vezes), Gabriel Sara, Emiliano Rigoni, Bruno Alves e Chico Bala (contra). A goleada aqui citada é atualmente a segunda maior da história do clube atuando no Estádio do Morumbi, perdendo apenas para os 10 a 0 em cima do Botafogo - da Paraíba, também pela Copa do Brasil, no ano de 2001.

Veja outras goleadas aplicadas pelo São Paulo em sua história, mas contra adversários e competições bem menos expressivas:

1933 - 12 X 1 Sírio (SP)
1945 - 12 X 1 Jabaquara (SP)
1932 -11 X 0 Internacional (SP)
1943 - 10 X 0 Operário (SP)
1950 - 10 X 0 Guarani (SP)
2001 - 10 X 0 Botafogo (PB)

E aí amigos, gostaram desta história real do futebol? Se sim, não deixe de curtir nossas matérias em nosso site e de nos seguir em nossas redes sociais.