São Paulo atrasa salários de seu elenco principal neste mês, mas promete pagá-los em breve

O pagamento da folha dos jogadores do "Tricolor Paulista" deveria ter sido depositada na última sexta-feira, mas isso acabou não ocorrendo, agora o clube busca solucionar essa questão nesta semana.

Por Müller
Compartilhe

E a demonstração de crise chegou ao São Paulo de vez, segundo as últimas informações do clube em questão, o mesmo atrasou o pagamento dos salários em carteira (CLT) do mês de janeiro dos jogadores do elenco profissional.

O "tricolor paulista" deveria ter quitado os valores na última semana, estando assim, alguns dias atrasado. Pela lei, normalmente o salário é pago até o quinto dia útil do mês - no caso de fevereiro, a última sexta-feira, dia 7.

Além dos atrasados com os salários, o São Paulo também tem uma dívida com atletas do elenco nos direitos de imagem. Há relatos de que esse atraso varia entre dois e três meses, embora o clube aponte que seja entre um e dois meses.

Em uma reunião com os jogadores do São Paulo sobre a situação financeira, a direção de futebol assegurou que irá quitar essa dívida em breve. Nos bastidores do "Morumbi" - casa do São Paulo, teria sinalizado resolver o problema em um prazo de dez dias.

Cada jogador recebe o salário de uma maneira: uma parte dos atletas apenas os valores em carteira (CLT) e outros também ganham uma fatia por meio de direito de imagem.

Por ter escolhido não vender jogadores pelas propostas apresentadas durante a janela de transferências de janeiro, o São Paulo alega ter tido um problema no fluxo de caixa entre 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

O clube fechou 2019 com uma dívida em torno de R$ 180 milhões e a situação financeira preocupa muito internamente. Havia, inclusive, esse temor pelos atrasos de salários.

Raí - homem forte do São Paulo e um dos responsveis por colocar essa conta em dia.
Raí - homem forte do São Paulo e um dos responsáveis por colocar essa conta em dia.

Vale lembrar que até o fim de 2019 o São Paulo projetava arrecadar R$ 80 milhões em vendas de jogadores - só que isso acabou não ocorrendo.

Na janela de transferências de janeiro, o São Paulo teve negociações avançadas para vender Walace e Antony, no entanto, nenhum dos acordos acabou sendo concretizado. O clube recusou proposta pelo zagueiro, que depois rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho. Além do defensor em questão, também não houve acerto com relação a Antony, embora a possibilidade de vender o atacante continue aberta. Ele poderia ser negociado agora e sair no meio do ano, quando a janela de transferências na Europa se reabre.

Esta não é a primeira vez recentemente que o São Paulo atrasa pagamentos. No ano passado isso ocorreu mais de uma vez, tendo o mesmo problema de agora.

Mais sobre: sao-paulo salarios elenco
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal