São Paulo acionará River Plate junto a FIFA; entenda

O clube argentino está com duas parcelas atrasadas da venda de Lucas Pratto, realizada em janeiro de 2018 e essa dívida chega a 4 milhões de euros.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Com uma divida que já ultrapassa os 4 milhões de euros - algo próximo a R$ 18 milhões com o clube paulista, o clube brasileiro entrará até a semana que vem com nova ação na FIFA contra o River Plate. O clube argentino - finalista da Libertadores da América está com duas parcelas atrasadas da venda de Lucas Pratto, realizada em janeiro de 2018, e essa dívida, conforme já declaramos, chegou aos 4 milhões de euros.

Lucas Pratto na época em que defendia o São Paulo.
Lucas Pratto na época em que defendia o São Paulo.

A primeira parcela que ficou em aberto venceu no dia 31 de julho deste ano, e é em cima desta que a direção do clube brasileiro acionou a entidade máxima do futebol para que os argentinos sejam cobrados e pior, a segunda parcela também já venceu em 30 de agosto, também sem pagamento, ou seja, essa parcela com certeza acabará sendo revertida em uma nova cobrança junto a FIFA, caso o clube argentino não venha a quitá-la.

Os atrasos das parcelas do time argentino em relação à venda de Pratto vêm em péssima hora para o São Paulo. Com R$ 100 milhões a mais em dívidas entre os oito primeiros meses do ano - conforme relatório financeiro enviado a conselheiros, o clube vem com dificuldades para manter salários em dia e fazer frente aos demais compromissos do dia-a-dia.

Mais sobre: sao-paulo river-plate fifa
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal