Jogador uruguaio do São Paulo é punido com dois anos de suspensão por doping; veja

Gonzalo Carneiro foi pego no exame antidoping no dia 16 de março e desde então está afastado de suas atividades no Tricolor Paulista.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Gonzalo Carneiro está fora do futebol por dois anos. O atleta do São Paulo foi punido nesta quinta-feira em julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem por uso de cocaína.

A suspensão de 24 meses é retroativa ao dia da coleta do material que apontou o uso da cocaína, ou seja, dia 16 de março, com isso o jogador uruguaio do Tricolor Paulista já cumpriu sete meses de pena.

Gonzalo Carneiro.
Gonzalo Carneiro.

Claro que cabe recurso da decisão do TJD-AD, tanto que a defesa já informou que pretende recorrer. O advogado que defende Carneiro é o mesmo que defendeu Paolo Guerrero, do Internacional - Bichara Neto.

"O tribunal entendeu que a utilização da substância não se deu de forma intencional, que o uso foi fora da competição, mas achamos que ainda assim a suspensão foi excessiva e pretendemos recorrer", declarou o advogado em questão.

Na audiência estavam ainda presentes o próprio jogador e um advogado do São Paulo. Além do representante legal do meio-campista, a direção do Tricolor Paulista também discorda da decisão do tribunal e irá apoiar o jogador em seu recurso, segundo Leonardo Serafim - diretor jurídico do clube.

Assim como foi no caso de Paolo Guerrero, Gonzalo Carneiro está proibido de frequentar as dependências do São Paulo e também não recebe salários desde então. Carneiro foi flagrado no exame antidoping por utilizar uma substância chamada benzoilecgonina - derivada da cocaína.

Contratado pelo Tricolor Paulista em abril de 2018, o mesmo tem vínculo com o clube brasileiro até 31 de março de 2021.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal