Após ter anunciado que não irá renovar seu contrato com o Orlando City, torcedores do São Paulo se animaram com uma possível volta de seu craque ao clube que o revelou.

Em entrevista coletiva prestada na última semana, Kaká comunicou que não irá renovar seu contrato com o clube norte-americano e a notícia fez com que vários torcedores do São Paulo se animassem com a possível volta do jogador ao clube paulista para a próxima temporada.

 

Entretanto, sem esconder o interesse em poder contar com o jogador para a próxima temporada, o presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, declarou que não existe pelo menos por hora, qualquer negociação em andamento com o atleta.

"Se gostaríamos de contar com Kaká na próxima temporada? Claro que sim, mas ainda não existe nada. É um jogador que tem a ver com a história e com a camisa do São Paulo. Ele é querido pela torcida e é são-paulino. Se for possível da parte dele, faremos de tudo para que seja. Claro que sim, as portas estão sempre abertas para Kaká", declarou o dirigente.

O presidente do Tricolor Paulista ainda declarou que o retorno de Kaká ao São Paulo independe se o clube for ou não rebaixado para a segunda divisão do Brasileirão. "Iremos aguardar, isso é para o próximo ano, mas ele é sempre uma figura bem-vinda".

Kaká foi revelado pelo São Paulo e deixou o clube em 2003, quando foi negociado com o Milan da Itália. Em 2007, ele viveu seu melhor momento na carreira, sendo inclusive escolhido o melhor jogador do mundo. No ano de 2009, Kaká se transferiu para o Real Madrid e por lá não teve muita sorte, pois sofreu com muitas lesões e pouco pode fazer pelo clube. Em 2013, Kaká retornou ao Milan e no ano seguinte acertou sua transferência para seu atual clube, o Orlando City. Como a temporada da MLS iria abrir só em março de 2015, o meia-atacante foi emprestado para o São Paulo até o fim de 2014.