Não é novidade que a fase do São Paulo vai de mal a pior. Sem vencer clássicos no ano, e com a classificação para a próxima fase do campeonato paulista ameaçada, o tricolor paulista teve mais uma péssima notícia no início dessa semana.  

Com um estiramento na coxa esquerda, ocorrido no clássico do último sábado contra o Palmeiras, o meia Hernanes terá que se afastar dos gramados por, cerca de um mês. O anúncio oficial ocorreu nesta segunda-feira, na reapresentação do elenco no CT da Barra Funda. Mais especificamente, a lesão ocorreu no bíceps da coxa esquerda.

Com a lesão, o jogador deve estar de fora das duas partidas das quartas de finais do Paulistão, em caso de classificação. Hernanes já era desfalque para a partida da próxima rodada do estadual, quando o São Paulo enfrenta o São Caetano, na quarta-feira. 

Hernanes é um dos expoentes técnicos da atual equipe são-paulina. Como alguns nomes consagrados do elenco estão em pé de guerra com a torcida, como casos de Nenê e Diego Souza ( este último que acertou sua transferência para o Botafogo), Hernanes assumiu um protagonismo absoluto, causando em certos momentos, uma espécie de dependência, já que a grande aposta do técnico Cuca e do Interino Wágner Mancini é a utilização de jovens talentos das categorias da base para tentar sai da crise existente.

Vale lembrar que, para seguir no estadual, o tricolor paulista precisa vencer o São Caetano. Em caso de empate, o clube depende do resultado do Oeste contra o Mirassol. São Paulo e Oeste disputam a última vaga do grupo D.