Após a confirmação da demissão de Fernando Diniz do cargo de treinador, o São Paulo partiu em busca do nome ideal para comandar a equipe a partir da temporada 2021; três profissionais estariam na pauta preferencial do Tricolor: Miguel Ángel Ramírez, Rogério Ceni e Marcelo Gallardo.

Miguel Ángel Ramírez

O primeiro da lista seria atualmente o mais cotado, mas por conta de um acerto verbal com o Internacional, esse caso ainda é considerado como entrave para o início das conversas.

Rogério Ceni

Mesmo estando empregado e a frente do Flamengo - sério candidato ao título nacional, o ídolo do Tricolor Paulista ainda assim não tem seu futuro garantido no Rubro-Negro, podendo não permanecer à frente deste para a temporada 2021, e aí que seu nome ganha força para vir a comandar o São Paulo. Lembrando que o Tricolor Paulista foi o primeiro time da nova carreira de Ceni, que iniciou como técnico de futebol comandando justamente o time aqui em questão.

Marcelo Gallardo

O atual treinador do River Plate - com quem ainda não renovou para 2021/2022, tem seu nome amplamente aprovado por todos dentro do Morumbi, no entanto, o São Paulo não tem dinheiro para pagar o que seria o necessário, passando assim, a ser um sonho Tricolor; mesmo assim o profissional aqui em questão segue na lista preferencial.

São Paulo avalia o mercado

A direção do Tricolor Paulista não descarta contratar um comandante técnico que esteja empregado em outro clube e de olho em técnico nacionais e estrangeiros, essa coloca um perfil desejado: o de trazer de volta a equipe a competitividade.

Enquanto segue em busca de um novo treinador, o auxiliar Marcos Vizolli - da comissão permanente é quem será o responsável por dirigir a equipe neste período de busca por um novo nome. Vizolli comandará o elenco tricolor de olho no duelo diante do Ceará, no dia 10 de fevereiro, visto que o confronto diante do Palmeiras, que ocorreria no meio desta semana, fora remarcado para o dia 19/02, por conta do "Verdão" estar disputando o Mundial de Clubes da FIFA.