A goleada diante do Inter pelo Campeonato Brasileiro, na última rodada segue mexendo com "feridas" abertas no São Paulo, onde nesta sexta-feira, um grupo de torcedores se deslocou até o CT do Tricolor, na Barra Funda, para protestar e pedir a saída de Fernando Diniz - atual comandante técnico da equipe.

Cânticos e protestos

Com canções de "Time sem vergonha", "Pipoqueiros" e "Queremos jogadores", esses mesmos torcedores, com uniformes de uma das tradicionais torcidas organizadas do São Paulo, atiraram milho de pipoca na entrada do CT, cobrando alguns dos jogadores do atual elenco, entre eles: Daniel Alves, Tchê Tchê e Vitor Bueno. Além dessas manifestações, os torcedores ali presentes pediam a saída de Fernando Diniz do comando técnico do time.

Se a situação nos últimos tempos já não era das melhores dentro do clube, agora a situação parece ter piorando ainda mais, visto que a torcida se cansou do time e também do treinador. Vale lembrar que a situação entre as partes já não era das melhores, desde o final de 2020.

Fernando Diniz por hora permanece

Mesmo com torcedores pedindo a saída do comandante técnico, Raí, diretor executivo do clube veio a público nesta semana para garantir que não existem problemas internos no Tricolor Paulista, onde o mesmo ainda de quebra bancou a permanência do treinador.

Mesmo tendo por hora sua permanência garantida à frente da equipe, Fernando Diniz sabe que está mais uma vez na "corda-bamba" e precisará urgentemente encontrar uma solução para melhorar o rendimento de seu time dentro do Campeonato Brasileiro, onde por hora ocupa a vice-liderança da competição, com 57 pontos - dois a menos que o Inter (1º) e dois a mais que o Flamengo (3º).

Próximo compromisso

O próximo jogo do São Paulo pelo Brasileirão 2020 será já neste final de semana, onde irá encarar o Coritiba, em casa, neste sábado, às 19h, pela 32ª rodada do torneio.