Muricy Ramalho pode estar voltando ao futebol. Calma, ele não irá treinar nenhum time; pelo menos por hora. Sim, o grande profissional campeão brasileiro e destaque com comandante técnico em vários clubes pelo Brasil, deixou a Globo para possivelmente assumir um cargo na direção do São Paulo.

Mas para que isso venha realmente a ocorrer, há a necessidade de Julio Casares vencer a eleição presidencial do "Tricolor Paulista", marcada para o próximo sábado - dia 12 de dezembro.

Despedida da Globo

Muricy Ramalho que vinha desempenhando o papel de comentarista de futebol do Grupo Globo se despediu da emissora nesta segunda-feira, para quem sabe assumir a função de Coordenador de Futebol da gestão de Casares - caso esse venha confirmar o favoritismo na eleição são-paulina no próximo sábado.

Eleição no São Paulo

Duas chapas concorrem aos cargos máximos dentro do "Tricolor Paulista", são eles os candidatos: Julio Casares e Roberto Natel. A eleição são-paulina que ocorre no dia 12 - próximo sábado, terá seu início às 10h30 e irá até as 16h (de Brasília), no estádio do Morumbi, em sistema de "drive-thru".

O vencedor assumirá a presidência do São Paulo no lugar de Carlos Augusto de Barros e Silva - o Leco, já a partir do dia 1º de janeiro de 2021. Muricy segundo informações não confirmadas, também teria convite para integrar uma eventual gestão de Natel.

Desta forma, com chances reais de volta ao São Paulo, seja por qualquer lado, Muricy Ramalho achou por bem se desligar da Rede Globo antes do final da eleição aqui em destaque, para assim estar livre para assumir seu novo papel dentro do clube de seu coração.

Muricy Ramalho

Em seu currículo dentro do futebol com comandante técnico, o profissional que passou por Inter, São Paulo, Flamengo, Fluminense, Santos e outros clubes, conquistou três títulos brasileiros seguidos: 2006, 2007 e 2008 - ambos pelo São Paulo e outro em 2010 - agora pelo Fluminense; além do título da Libertadores pelo Santos, em 2011.