Dias nebulosos na Vila Belmiro! Com a situação do novo Coronavírus dificultando a vida financeira de praticamente todos os clubes brasileiros, nesta terça-feira uma "bomba" caiu na vila santista. O clube foi notificado pela FIFA que deverá pagar US$ 775 mil - algo próximo a R$ 4 milhões para o Atlético Nacional - da Colômbia por conta da aquisição do defensor Felipe Aguilar, que nem mesmo pertence mais ao "Peixe"; o jogador atualmente defende as cores do Athletico.

A decisão tomada pela FIFA foi noticiada pelo clube colombiano através de uma nota oficial, onde o clube não revela o prazo para o Santos efetuar esse pagamento, mas espera que esse valor seja depositados dentro do estabelecido.

"O Atlético Nacional aguardará o cumprimento de todos os prazos estabelecidos para prosseguir com a cobrança dos valores devidos", diz parte da nota publicada pelo clube colombiano.

A direção do Atlético Nacional ficou enfurecida após saber que o Santos havia negociado o zagueiro ao Athletico antes mesmo de efetuar todo o pagamento da dívida restante - dívida esta que gira em torno de US$ 1,5 milhão - algo próximo a R$ 7,8 milhões pelo atraso de duas parcelas - dezembro e outra de março, segundo informações da rádio colombiana "Munera".

Felipe Aguilar foi contratado pelo Santos junto ao clube colombiano aqui citado por R$ 15 milhões, onde realizou apenas 39 jogos com a camisa do "Peixe" e marcou apenas um gol. Em março deste ano, o defensor foi vendido ao Athletico por R$ 10 milhões.