Santos promete manter suas principais peças em 2020 - contrariando anos anteriores

Na mira do Grêmio, o presidente do Santos afirmou em entrevista recente que Carlos Sánchez tem chance "ZERO" de deixar a Vila Belmiro em 2020.

Por Müller
Compartilhe

Depois de encerrar o ano de 2019 com o vice-campeonato do Brasileirão, o Santos tenta manter suas principais peças para a próxima temporada. Agora sob comando do português Jesualdo Ferreira, o clube da "Vila Belmiro" irá contra a sua lógica das últimas janelas para não sofrer um novo desmanche.

Até o dia de hoje - 31 de dezembro, os únicos desfalques da equipe foram o zagueiro Gustavo Henrique - que deve ser anunciado pelo Flamengo a partir desta quarta-feira e o lateral Jorge - que não teve seu empréstimo renovado. Apesar de serem peças importantes, a saída dos defensores já era esperada e não muda os rumos do planejamento do "Peixe" para 2020.

Jesualdo Ferreira chega ao Santos para comandar a equipe em 2020.
Jesualdo Ferreira chega ao Santos para comandar a equipe em 2020.

Enquanto o zagueiro tinha contrato até o fim do ano e não havia chegado a um acordo pela renovação, o lateral tinha chances mínimas de permanência e já vinha perdendo espaço no time que era comandado por Jorge Sampaoli.

Diferentemente do que planeja atualmente, nos dois últimos anos, o Santos contou com perdas significativas no período de transferências. O atacante Bruno Henrique, vendido ao Flamengo, o atacante Gabigol e o lateral Dodô, que não tiveram empréstimo renovado, e o meia Renato, que se aposentou, foram os principais desfalques para 2019.

Já na virada de 2017 para 2018, o meia Lucas Lima trocou o Santos pelo Palmeiras, o lateral Zeca foi para o Internacional e o atacante Ricardo Oliveira para o Atlético-MG.

Carlos Sanchéz - meio-campista do Santos que brilhou em 2019.
Carlos Sanchéz - meio-campista do Santos que brilhou na "Vila" em 2019.

No entanto, para 2020, o Santos promete seguir com suas principais peças de meio-campo, como Diego Pituca e Carlos Sánchez (pretendido pelo Grêmio), e ataque, como Marinho, Soteldo e Eduardo Sasha. Destaque do clube na temporada, o meia uruguaio tem "chance zero" de sair do Alvinegro, segundo afirmou o presidente José Carlos Peres em entrevista a uma rádio de São Paulo durante o último final de semana.

Vale ressaltar que a mudança mais sentida pelo clube não aconteceu dentro de campo, mas sim a beira do gramado. Jorge Sampaoli, que tinha contrato até o fim de 2020, pediu a rescisão do vínculo após o término da temporada. O argentino queria comandar um time com capacidade alta de investimento no mercado, algo fora da realidade do Alvinegro hoje. Com isso o Santos respondeu rápido e confirmou a contratação do experiente técnico português - Jesualdo Ferreira, de 73 anos e passagem importante pelo Porto, entre 2006 e 2010

Mais sobre: santos elenco 2020
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal