Sem dinheiro de Rodrygo, Santos sofre com déficit de R$ 50 milhões no 1º semestre de 2019

Em balanço divulgado via Portal de Transparência do clube, o Santos divulgou que por questões contábeis, a venda de Rodrygo para o Real Madrid, não foi contabilizada.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

O Santos divulgou, via Portal de Transparência, o relatório contábil do clube no primeiro semestre de 2019. As demonstrações financeiras foram encaminhadas ao Conselho Fiscal na última quarta-feira. O órgão ainda vai apresentar seu parecer.

Por questões contábeis, a transferência de Rodrygo para o Real Madrid não entrou neste relatório. A transferência, de cerca de 45 milhões de euros (aproximadamente R$ 200 milhões), não foi contabilizada. Dessa forma, o déficit no período foi de R$ 49.360.599,00. A previsão era de superávit de R$ 6.340.933,00. O "prejuízo" em termos de geração de caixa, por meio da Ebitda (lucros antes de juros impostos, juros, depreciação e amortização), foi de R$ 25 milhões.

"60% da divergência no resultado contábil final do primeiro semestre trata-se de valores envolvendo negociações e amortizações de atletas, além de baixas no intangível", justificou o Santos.

Mesmo com o impacto do déficit alto, o Santos vê pontos a comemorar. As despesas administrativas, por exemplo, foram orçadas em R$ 12 milhões, contra média quase duas vezes maior nos últimos três anos. E o realizado foi dentro da previsão - 4,62% menor. Outro ponto positivo é o aumento da receitas em meio ao acréscimo também dos custos operacionais no futebol. A receita praticamente dobra desde 2013, enquanto o custo é 50% maior.

b

bbb

aaa

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                     

Mais sobre: santos
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal