Santos apresenta anteprojeto de reformulação da Vila Belmiro ao conselho deliberativo do clube

Para o projeto sair do papel, o mesmo terá que passar por votação dos conselheiros em reunião a ser marcada previamente – algo que ainda não está previsto para ocorrer.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Foi apresentado nesta última quinta-feira pela direção do Santos um anteprojeto de reforma da "Vila Belmiro", durante uma apresentação no auditório do Conselho Deliberativo do clube.

O anteprojeto foi apresentado pelo arquiteto contratado pelo clube - Artur Katchborian, que assina a obra de reformulação da vila mais querida do país como "retrofit". O projeto em questão foi detalhado aos conselheiros do clube, que puderam tirar dúvidas e dar algumas sugestões para a reformulação do estádio.

Nova Vila Belmiro - depois da reformulação - imagem: Santos FC.Nova Vila Belmiro - depois da reformulação - imagem: Santos FC.

Durante a apresentação, o arquiteto em questão disse que o projeto é muito amplo e que estabelece uma qualificação a Vila Belmiro.

"O projeto é muito mais amplo do que simplesmente um projeto de adequação de um estádio. Quando fomos convidados para trabalhar neste projeto, chegamos e fizemos uma proposta que estabelece um plano-diretor, que envolve, entre outras coisas, uma qualificação da Vila Belmiro e junto disso, uma adaptação, com novas construções, como o CT da base e dos profissionais e tudo que isso gerar. Queremos adequar os ambientes nos imóveis que o Santos nos destinar para recebê-los", declarou o arquiteto.

Para o projeto sair do papel, o mesmo terá que passar por votação dos conselheiros em reunião a ser marcada previamente - algo que ainda não está previsto para ocorrer.

Em relação ao projeto, o arquiteto Artur Katchborian levou algumas de suas idéias ao conhecimento dos conselheiros, bem como:

- Mudanças de calçadas para aumento do entorno da Vila Belmiro;

- Deslocar alojamentos para CTs e restaurantes;

- Realocar vestiários, por conta do funcionamento do campo de futebol, para ganhar espaço;

- Retirar pontos cegos;

- Obter em torno 18 a 20 mil lugares.

A obra se aprovada for, deverá custar entre R$ 200 milhões a R$ 250 milhões e deverá ficar pronta entre oito a doze meses. O valor da obra deverá ser custeado pelo grupo Bolton, parceira do Santos neste projeto.

 

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal