Conmebol pune o Santos no "Caso Sánchez"

Em desacordo com tal decisão, a direção do Santos já prometeu recorrer da mesma ao “TAS” – Tribunal Arbitral do Esporte, com sede na Suíça.

Por
Compartilhe

Não tem choro! Conmebol entende que o Santos errou ao escalar Carlos Sánchez na partida de ida das oitavas de final da Libertadores, contra o Independiente, na Argentina – na última terça-feira, quando os dois times empataram em 0 a 0.

Carlos Sánchez - jogador do Santos.Carlos Sánchez - jogador do Santos.

Como punição, a entidade máxima do futebol sul-americano modificou o resultado da primeira partida entre as duas equipes, decretando assim a vitória do Independiente por 3 a 0.  Com isso, no duelo desta terça-feira, no jogo da volta, no Pacaembu, às 19h30, o time brasileiro terá que vencer a partida por 4 a 0 se quiser se classificar de forma direta a próxima fase da Libertadores.

O comunicado da Conmebol foi divulgado nesta manhã, às 10h49, onde ela descreve o seguinte:

“A Conmebol resolveu declarar como perdedor o Santos Futebol Clube na partida disputada em 21 de agosto, determinando o resultado de 3 a 0 a favor do Club Atlético Independiente e confirmando a suspensão do jogador Carlos Andrés Sanches Arcosa”, diz parte da nota divulgada pela entidade.

Em desacordo com tal decisão, a direção do Santos já prometeu recorrer da mesma ao “TAS” – Tribunal Arbitral do Esporte, com sede na Suíça.

“O Santos Futebol Clube vem a público manifestar o descontentamento e a resignação com a punição imposta ao clube pelo Tribunal Disciplinar da Conmebol na manhã desta terça-feira. Não bastasse o estranhar da lenta decisão, a punição publicada não tem o menor embasamento legal ou jurídico. Além do que, pune duplamente o Santos FC, com a perda do jogo e a manutenção da suspensão ao jogador Carlos Sánchez. Por fim, em busca do direito do torcedor santista, o Clube declara publicamente que irá a todas as instâncias cabíveis, a fim de que a Justiça sobre o caso seja feita”, declarou a assessoria de imprensa do Peixe.

Mais sobre: santos conmebol sanchez
Comentários