Jair Ventura fica no Santos nesse segundo semestre de 2018

O time da Vila Belmiro volta a campo pelo Brasileirão-2018 no dia 19 de julho, às 20 horas, quando encara o Palmeiras, no estádio do Pacaembu.

Por
Compartilhe

Em reunião bastante acalorada nesta última quarta-feira à noite, o Comitê de Gestão do Santos decidiu pela permanência de Jair Ventura a frente do comando técnico do time. Mesmo com o treinador dividindo opiniões entre os membros do comitê, os mesmos não conseguem ver outro nome para assumir o time nesse momento – Zé Ricardo que poderia ser um possível candidato ao cargo, está praticamente de saída para o futebol árabe e Abel Braga não quer assumir compromisso nesse momento – o ex-técnico do Fluminense quer descansar.

Após reunião da direção do Peixe, Jair Ventura recebe mais um chance e permanece a frente da comissão técnica do time.Após reunião da direção do Peixe, Jair Ventura recebe mais um chance e permanece a frente da comissão técnica do time.

Com tudo isso, a direção do “Peixe” resolveu dar uma nova chance ao jovem treinador no segundo semestre, prometendo melhorar o elenco e dando a Jair Ventura uma espécie de “sombra”, com a contratação de Ricardo Gomes para o cargo de executivo de futebol.

Pesou a favor do treinador, a classificação do time as oitavas de final da Taça Libertadores e as quartas da Copa do Brasil, porém, pesa de forma contrária, a 15ª colocação do time no Campeonato Brasileiro. Atualmente Jair Ventura conta com 35 partidas comandadas pelo Santos, sendo que destas, o treinador possui 14 vitórias, 7 empates e 14 derrotas.

Assim como o treinado, o elenco também é aguardado para a reapresentação na próxima segunda-feira à tarde, no CT Rei Pelé. O Santos a partir da próxima semana inicia uma espécie de intertemporada, aonde nos dias 07 e 10 de julho, fará dois amistosos no México – o primeiro contra o Monterrey e o segundo contra o Querétaro.

O time da Vila Belmiro volta a campo pelo Brasileirão-2018 no dia 19 de julho, às 20 horas, quando encara o Palmeiras, no estádio do Pacaembu.

Comentários