Já? Sim, Ariel Holan não é mais treinador do Santos. O comandante técnico após a derrota do "Peixe" por 2 a 0 diante do Corinthians conversou com a direção do clube e anunciou a sua demissão do cargo de treinador.

O presidente santista - Andres Rueda até que tentou reverter à decisão, no entanto, o argentino não deu ouvidos e preferiu mesmo se desligar do clube.

Ariel Holan - treinador

A grande dúvida no momento é se Holan ainda estará a frente do "Peixe" diante do Boca Juniors pela segunda rodada da Libertadores 2021 (fase de grupos) nesta terça-feira ou se Marcelo Fernandes - membro da comissão técnica permanente do Santos é quem comandará a equipe.

Pedido de demissão

No pedido, o comandante técnico argentino afirmou que não vinha conseguindo fazer com que a equipe jogasse da forma como ele gosta, e mediante a essa situação preferiu abrir espaço para que outro treinador desse seguimento na temporada; algo agravado com as punições da FIFA, que impedem o Santos de contratar novos reforços.

Holan fora anunciado no final de fevereiro para o lugar de Cuca, que deixou o time da Vila Belmiro para assumir o Atlético-MG; em sua passagem pelo futebol brasileiro e pelo Santos, o técnico argentino comandou o mesmo em 12 jogos, com quatro vitórias, três empates e cinco derrotas.

Vale lembrar que o contrato entre as partes era de três anos, ou seja, até o final da gestão de Andres Rueda - eleito em dezembro do ano passado para o triênio 2021/2023. Em nota, o presidente santista afirmou que a saída de Ariel Holan fora de comum acordo, deixando o Santos livre de qualquer multa.

Até o momento nenhum nome para assumir o comando técnico do "Peixe" fora ventilado, mas nós estaremos de olho e assim que novas informações surgirem, repassamos a você.