Dias após anunciar oficialmene a saída do técnico Cuca, o Santos fez mais uma grande movimentação no mercado, visando a temporada de 2021. Após semanas de negociações e indefinições, o Peixe anunciou oficialmente nesta segunda-feira (22), a chegada do técnico Ariel Holán, que estava na Universidad Católica, do Chile.

O nome do treinador argentino sempre apareceu entre os favoritos para assumir o cargo, principalmente depois do Santos não chegar a um acordo pela contratação de Tiago Nunes. Ariel teve que acionar a cláusula de saída do time chileno, que era o comandante desde o início do ano de 2020.

O contrato do novo treinador do Santos será válido até dezembro de 2023, e o treinador é aguardado ainda nesta segunda-feira para chegar ao Brasil e iniciar seu trabalho visando as primeiras partidas da próxima temporada. Ariel Holán tem 60 anos de idade e foi aprovado pelo departamento de futebol e pela comissão de análise de desempenho. O clube utilizou suas redes sociais para anunciar a chegada de seu novo treinador.

Em suas primeiras palavras como novo treinador do Santos, Ariel Holán falou sobre a mentalidade que pretende aliar as suas ideias com o DNA do clube:

"Estou muito feliz em dirigir o Santos, um clube com tantos craques como Pelé e Neymar. Será um desafio participar de uma das ligas mais equilibradas do Mundo, mas confio plenamente que vamos entregar um bom resultado para a torcida com mentalidade ofensiva e que os jogadores mais novos sejam aproveitados com os mais experientes. Sei que é uma responsabilidade muito grande, mas estou animado".

"Fica minha promessa que vou terminar falando bem o português", concluiu.

Questão financeira não passou pelas pedidas do treinador

Desde o início das negociações, o técnico Ariel Holán não fez questão de tratar diretamente com as cifras em relação a salário e todas as questões financeiras. Mas o principal ponto foi a grande curiosidade e o interesse em saber da comissão técnica de Cuca sobre as características do elenco e das formações táticas em que o time atuava.

Já sabendo da situação financeira do clube, Ariel Holán chega ao Santos com o discurso de não realizar grandes contratações, e entender o contexto. Os reforços podem chegar apenas no segundo semestre, por contas de punições e pelo calendário apertado.