Sem contar com seu atual treinador na temporada 2021, o Santos deve nos próximos dias aumentar a carga em busca de um substituto a Cuca, que somente cumprirá seu contrato com o "Peixe" até o final de fevereiro.

Exatamente isso que você leu. O Santos não contará com a permanência de Cuca para a próxima temporada, mesmo com o clube da Vila Belmiro tendo sinalizado com um aumento de salário e um descanso entre o final da temporada 2020 e o início do Campeonato Paulista 2021.

No entanto, o treinador não quer permanecer, declarando estar cansado e precisando de um tempo de folga; mas há que o coloque na mira do Grêmio, em caso de Renato Portaluppi não renovar com esse após a final da Copa do Brasil.

Abalo na temporada 2020

A derrota para o Palmeiras na grande decisão da Copa Libertadores da América, parece ter abalado o comandante técnico do "Peixe", que já pensava em sair antes mesmo desta final, porém, a conquista do torneio sul-americano poderia ter levado treinador e clube a chegarem a um acordo de renovação.

Sabedor das limitações do clube

Sabedor do que pode e do que não pode o Santos para 2021, também servem como balizador para a sua permanência na "Vila", visto que o profissional entende que o "Peixe" já foi além do que poderia com tantos problemas nos últimos meses e a partir de agora isso seria impossível de repetir, ficando sobre seus ombros a cobrança por resultados semelhantes.

"São coisas internas que conversei com o Presidente e com o membro do Comitê de Gestão. Sempre procuro jogar limpo, aberto. Quero cumprir com meu contrato, vim pelo prazer do trabalho e do desafio. Estou muito contente com o retorno, principalmente dos jogadores. Uma pena não termos torcedores ao lado pela pandemia. É uma pergunta que cabe um tempo mais para responder. Santos, hoje, vive problemas seriíssimos e gravíssimos. O que acontece? Duas ou três punições da FIFA para serem quitadas. Dívidas com jogadores para serem pagas e não há receitas. Qual a receita? Vender jogadores. Lucas Veríssimo, Diego Pituca, daqui a pouco mais um e não dá conta, tem que vender dois. E não pra contratar, para pagar contas, salários e transfer ban", comentou o treinador logo após o empate em 1 a 1 diante do Atlético-GO.

Opções

Sem ainda acertar detalhes da saída de Cuca, o "Peixe" até conta com opções para o lugar desse, no entanto, não apresentou propostas a nenhuma desses nomes. A ideia é não começar a temporada 2021 sem um treinador.

Segundo a "Gazeta Esportiva", dois dos cinco profissionais já sondados seriam: Hernán Crespo (que pode estar acertando com o São Paulo) ou Tiago Nunes (que está livre no mercado desde que fora demitido do Corinthians).

Com sérios problemas financeiros, o "Peixe" tem hoje dificuldades para adequar a folha salarial ao orçamento; algo que para 2021 terá que ser obrigatória, se não quiser ter maiores problemas com a FIFA e para isso terá que acertar também na escolha do profissional que comandara seu elenco principal.

Hoje o Santos está atrás de um comandante técnico moderno, com aptidão para trabalhar com jovens da categoria de base e com perfil ofensivo; isso tudo alinhando ao teto salarial disponível no clube neste momento.

As próximas semanas na "Vila Belmiro" serão extremamente importantes para o clube na temporada que ainda nem começou, mas poderá dar o tom de como esse poderá seguir; veremos os próximos "capítulos".