O Flamengo começou a temporada de 2020 assim como terminou 2019. Após o título da Supercopa do Brasil, na vitória de 3x0 sobre o Athletico, o time comandado pelo técnico Jorge Jesus tem mais uma oportunidade de ser campeão: nesta quarta-feira, o rubro-negro enfrenta o Independiente del Valle, fora de casa, na partida de ida da final da Recopa Sul-Americana.

A super temporada de 2019 do Flamengo faz com que o time brasileiro seja favorito para o duelo desta quarta-feira. Além de manter os principais jogadores do time que apresentou o melhor futebol do continente no último ano, a chegada de reforços fez o time carioca ficar ainda mais forte. Com isso, a tendência é de que o rubro-negro seja amplo favorito para a partida.

O jogo de volta da Recopa, no Maracanã, será no dia 26 de fevereiro, na Quarta-Feira de Cinzas. Já foram vendidos 46 mil ingressos para esta partida.

DADOS GERAIS DA PARTIDA
Horário: 21h30
Transmissão: DAZN
Árbitro: Leodán González (URU)
Competição: Recopa Sul-Americana 2020
Estádio: Estádio Rumiñahui

Pelo lado do Flamengo, o momento não poderia ser melhor. Após o título da Supercopa do Brasil, o time de Jorge Jesus busca agora mais uma taça, que pode ser a segunda em menos de dois meses de temporada. Com isso, o time brasileiro tenta construir uma boa vantagem, para decidir o confronto em casa com chances claras de ser campeão.

Flamengo já garantiu o título da Supercopa do Brasil em 2020. (Foto:Divulgação)
Flamengo já garantiu o título da Supercopa do Brasil em 2020. (Foto:Divulgação)

Invicto no ano com seu time principal, o Flamengo terá como um dos obstáculos a altitude de 2.800 metros da cidade equatoriana, além do fato de não conhecer bem o adversário, que fez apenas um jogo oficial nesta temporada. Os equatorianos serão rivais do Fla também na fase de grupos da Libertadores.

O provável Flamengo tem: Diego Alves; Rafinha, Gustavo Henrique, Rodrigo Caio e Filípe Luis; Willian Arão, Gerson e Éverton Ribeiro; Arrascaeta, Bruno Henrique e Pedro.

Para a partida, o Flamengo não poderá contar com o zagueiro Léo Pereira ( lesionado) e com o atacante Gabriel (suspenso pela expulsão na final da Libertadores 2019). Com isso, Gustavo Henrique será o companheiro de Rodrigo Caio no setor defensivo, e Pedro deve assumir o comando do ataque.