"Treta" no confronto entre Real Madrid e Real Sociedad neste último domingo, onde o time merengue venceu a partir pelo placar de 2 a 1, no estádio Anoeta, no País Basco e com isso assumiu a ponta do Campeonato Espanhol.

O confronto aqui em destaque ganhou a capa dos principais jornais de Barcelona, que detonaram com a seguinte manchete: "VAR aliado". Essa manchete faz referência a pelo menos três polêmicas, onde de acordo com os diários da Cataluña, o Real Madrid fora beneficiado pelo VAR.

A vitória dos "Blancos" contou com gols anotados por Sergio Ramos (pênalti) e Benzema. Mikel Merino descontou para os donos da casa.

No entanto, os dois gols anotados pelo Real Madrid foram alvos de discussões, uma vez que o lance de Vinícius Júnior que gerou a penalidade no início da etapa complementar foi considerado duvidoso. Ao entrar na área e chutar para o gol, o atacante brasileiro que tinha um adversário próximo acabou se desequilibrando e o árbitro da partida sinalizou como penalidade. Mesmo em meio a vários protestos, o VAR confirmou a falta.

Quando a partida ainda estava 1 a 0 para o Real Madrid, a Sociedad chegou marcar um gol, mas anulado por impedimento e na sequência do lance, o time merengue ampliou o placar. Mais uma polêmica, já que Benzema haveria ajeitado a bola com o braço. O VAR analisou o lance e confirmou o gol.

Lance polêmico revisto pelo VAR no segundo gol do Real Madrid - imagem: ESPN
Lance polêmico revisto pelo VAR no segundo gol do Real Madrid - imagem: ESPN

Em cima destes lances, o jornal "Mundo Deportivo" fez inúmeras matérias sobre esse jogo, dentre as quais destacou a mesma como: "Real Madrid toma liderança do Barça, outra vez com o VAR de aliado". Em outra reportagem, o mesmo jornal destaca o duelo aqui citado desta forma: "O Real Madrid, líder com mais outra polêmica". Entre outras diversas matérias, o que causou revolta por para de Zidane.

Após o confronto com a Real Sociedad, o técnico francês do Real Madrid voltou a demonstrar descontentamento com o foco jogado sobre a arbitragem, onde o profissional destacou dizendo:

"O que me irrita muito é que, no final, só falam de uma coisa: os árbitros. Aqui tem um time. Parece que nós estamos aqui porque não fizemos nada em campo. A polêmica e tudo o que estão dizendo não podemos controlar. Nós vencemos no campo", declarou o treinador.