Mesmo com a decisão de Zinedine Zidane em deixar Vinicius Júnior fora da lista de relacionados para o confronto diante do Leganés, nesta última rodada pelo Campeonato Espanhol, a decisão do treinador francês parece não ter abalado o meia-atacante, que segundo informações do jornal espanhol "AS", garante que não deixará o clube na próxima abertura do "Mercado da Bola". A informação do brasileiro repercutiu na imprensa espanhola, que tratou de colocar o atacante brasileiro no fim da fila na briga por uma vaga no ataque durante esta temporada.

Vale lembrar que o nome do brasileiro ganhou força em outras equipes durante a última janela, sendo inclusive alvo do Paris Saint-Germain, Arsenal e Milan. Mesmo assim, com chances de buscar um clube onde possa ter mais tempo em campo, Vinicius Junior teria decidido permanecer no Real Madrid para brigar por uma posição entre os titulares do técnico francês.

Em entrevista coletiva na última sexta-feira, Zinedine Zidane minimizou a ausência do atacante no duelo diante do Leganés, e afirmou que Vinicius Júnior permanece no plano da comissão técnica do Real Madrid para esta temporada. Falando a jornalistas, o comandante técnico do time merengue lembrou que o elenco conta agora com mais nomes na disputa de posição.

"Temos que pensar que ano passado não tínhamos o Hazard. Todo jogador sabe que precisa estar pronto e o Vinicius precisa continuar trabalhando duro. Ele fica mais confortável na ala esquerda e, na idade dele, tem que jogar onde se sente melhor", disse o treinador.