Ex-presidente do Real Madrid chama Florentino Pérez de cínico e sem-vergonha no Twitter

O ex-presidente Calderón, não gostou nada das últimas declarações de Peréz quando esse disse que Cristiano Ronaldo foi a maior contratação do clube até hoje e que foi feita em sua gestão.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Barraco no Real Madrid! Ex-presidente do clube merengue - Ramón Calderón fez duras críticas a atual gestão e em especial ao presidente - Florentino Pérez em relação à declaração de que Cristiano Ronaldo foi a maior contratação que ele (Pérez) fez em seu período a frente do clube.

Sob o comando dos "Merengues" desde 2009, foi na gestão de Florentino Pérez que o craque português chegou ao Real Madrid, sendo justamente neste período que o time merengue ficou também conhecido como "Galático" - muito por conta das contratações milionárias de diversos jogadores.

Calderón.

Ramón Calderón - ex-presidente do Real Madrid.

Cristiano Ronaldo, por exemplo, foi um dos primeiros grandes jogadores a chegaram na atual gestão e logo se tornou ídolo dos torcedores madrileños, onde conquistou quatro Champions League, três Mundiais e dois Campeonatos Espanhóis e de quebra se tornou no maior artilheiro da equipe, com 451 gols marcados.

No entanto, em sua conta particular no Twitter, Calderón discorda em partes da atual gestão, como ele próprio descreveu:

"Tem que ser muito cínico e sem-vergonha. Atribuir os méritos a outros, desprezar o trabalho de grandes profissionais, é algo típico de pessoas mesquinhas e sem escrúpulos. A assinatura não foi dele, nem minha, mas sim do Real Madrid", declarou o ex-presidente do Real Madrid em sua conta na redes social ao se referir de Florentino Pérez.

Na atual temporada, o Real Madrid ainda tentar voltar a ser aquele time "galático" dos tempos de Cristiano Ronaldo - lembrando que desde a sua saída para a Juventus, no final da temporada 2017/2018, o time merengue não vem mais conseguindo manter o mesmo sucesso, tendo inclusive uma temporada passada bem abaixo do esperado, onde na mesma teve em uma única, a passagem de três treinadores, encerrando o "ano" com a volta de Zinedine Zidane ao comando técnico da equipe.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal