Zidane diz "não" ao Real Madrid, diz ex-presidente do clube espanhol

Procurado pela atual direção merengue, o treinador francês que deixou o cargo ao final da última temporada, disse que agora não deseja voltar ao Real Madrid e que continua a procura de novos ares.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Assim como informamos em outra matéria aqui publicada em nosso site no dia de hoje, saiu agora a pouco a confirmação de que o Real Madrid realmente tentou a volta de Zinedine Zidane para a função de treinador na próxima temporada, porém, o técnico francês continua firme em sua ideia de mudar de ares e não aceitou a proposta do clube merengue.

Zidane que está ao lado de Florentino Pérez, não é o "ficha 1" do atual mandatário do clube espanhol - José Mourinho seria o desejo do presidente.Zidane que está ao lado de Florentino Pérez, não é o "ficha 1" do atual mandatário do clube espanhol - José Mourinho seria o desejo do presidente.

A informação foi dada pelo ex-presidente do clube espanhol – Ramón Calderón, que afirmou que Florentino Pérez ligou pessoalmente para Zidane pedindo que o treinador retornasse ao cargo deixado no fim da última temporada, entretanto, o mesmo ouviu um “não” do ex-treinador.

“Estou sabendo que o presidente nesta manhã chamou Zidane para que ele voltasse e ele disse que agora não. O clube deixou a porta aberta para uma possibilidade de volta em junho. A primeira opção do Florentino sempre foi José Mourinho”, revelou o ex-presidente dos merengues a “BBC”, nesta manhã de quinta-feira.

Com uma crise clara vivida pelo clube espanhol – uma das piores em sua história até aqui, visto que foi eliminado da Champions League e da Copa do Rei em menos de uma semana – estando ainda distante do título nacional, a direção do Real Madrid anunciou que irá fazer uma reformulação grande em seu atual elenco e em relação a sua comissão técnica.

Assim sendo, a permanência de Solari a frente do Real Madrid para a temporada 2019/2020, está praticamente descartada, como também é sabido que algumas de suas estrelas irão deixar o Santiago Bernabéu ao final da temporada, como, por exemplo, o lateral-esquerdo, Marcelo e o atacante, Gareth Bale. Além desses, até mesmo o alemão Toni Kroos pode deixar a “barca”.

Com a negativa por parte de Zidane, Florentino Pérez deverá agora concentrar suas forças no técnico português – aqui falamos de José Mourinho, que está sem emprego desde que foi demitido pelo Manchester United, no final de 2018.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal