Você já imaginou um clube passar um ano inteiro sem ter tomado se quer um "cartão vermelho" em uma de suas partidas? Pois pode acreditar que esse clube existe e se trata do maior de todos na atualidade.

Mesmo não vindo em uma de suas melhores temporadas, mas com a recente conquista do Campeonato Mundial da FIFA, o Real Madrid é sim o maior de todos até aqui e é também o clube que conseguiu completar um ano sem ter uma expulsão se quer em seu time durante esse período.

O "Tricampeão" Mundial de Clubes não leva um cartão vermelho desde 23 de dezembro de 2017, quando na ocasião o lateral-direito Carvajal foi o "agraciado" com o referido cartão e consequentemente com a punição.

A última partida do sábado passado que deu ao clube espanhol o título mundial, também marcou um ciclo merengue sem expulsões. Em 64 jogos, nenhum cartão vermelho foi dado aos atletas que vestiram a camisa merengue.

Dando destaque a esse "feito", o jornal espanhol "Mundo Deportivo" destacou nesta última segunda-feira não apenas a falta de cartão vermelho ao Real Madrid, mas também aproveitou para destacar alguns casos em que os atletas do time passaram em branco sem levar o referido cartão em lances que poderiam sim, terem sido punidos com o vermelho.

O diário espanhol inicia sua lembrança por Sergio Ramos - lembrando o caso em que o zagueiro deveria ter sido expulso na partida diante do Barcelona, em 2017, quando deu um tapa em Luis Suárez, isso sem destacar a falta cometida sobre o atacante Salah, na grande decisão da Champions League 2017/2018 - além dessa, a trombada com o goleiro Karius antes da falha do arqueiro nesta mesma decisão.

Além deste destaque, o Mundo Deportivo também chama a atenção para Sergio Ramos no quesito "capitão", onde ele é entre todos o recordista de expulsões na história do clube, com 24 cartões vermelhos.

Ainda o jornal destaca que nas últimas 10 temporadas, foram 62 expulsões para jogadores do Real Madrid - com 13 cartões vermelhos a menos que seus 75 adversários neste período.