Diário italiano diz que Marcelo do Real Madrid pediu para jogar na Juventus

Com 30 anos, o lateral brasileiro está no clube espanhol desde 2007, onde tem vínculo válido até junho de 2022.

Por
Compartilhe

Mais um pulando da barca? Pelos últimos boatos vindos diretamente da Itália sim! Mas o engraçado é que estou me referindo ao pedido do lateral-esquerda Marcelo, do Real Madrid, que segundo informações do jornal italiano “Tuttosport” solicitou ao clube merengue sua transferência para a Juventus.

Capa do diário italiano nesta segunda-feira.Capa do diário italiano nesta segunda-feira.

Isso tudo deverá ocorrer se a “Velha Senhora” confirmar a saída de Alex Sandro para a Inglaterra, só assim Marcelo teria espaço no time. Lembrando que o atual titular da lateral-esquerda da Juve tem alguns clubes da “Premier League” interessados em seu futebol, assim sendo, abriria espaço para a chegada do jogador merengue ao clube italiano.

Conforme publicação, Marcelo avisou aos dirigentes do Real Madrid que deseja se transferir para a Juventus – mesmo time que levou Cristiano Ronaldo no início da temporada europeia. Se tudo se confirmar, o lateral brasileiro do clube merengue poderá partir rumo a Itália já em janeiro do próximo ano.

A informação do “Tuttosport” sobre Marcelo está estampando a edição do diário nesta segunda-feira com a seguinte manchete: “Marcelo quer a Juve”. Dentro da matéria, o jornal conta que o brasileiro deseja jogar novamente ao lado de Cristiano Ronaldo – ex-companheiro de Real Madrid até a última temporada. Mas vale ressaltar que sua ida para o time italiano depende exclusivamente da saída de Alex Sandro para a “Premier League”.

Marcelo (a direita) e Cristiano Ronaldo juntos na última temporada.Marcelo (a direita) e Cristiano Ronaldo juntos na última temporada.

Com 30 anos, o lateral brasileiro está no clube espanhol desde 2007, onde tem vínculo válido até junho de 2022; Marcelo acredita que seu tempo no Real Madrid pode estar chegando ao fim, uma vez que deseja atuar ao lado de Cristiano Ronaldo na Juventus, da Itália mais uma vez.

Comentários