Neymar e Real Madrid estão acertados, diz jornal

Presidente do Real Madrid está disposto a oferecer 300 milhões de euros para tirar Neymar, do Paris Saint-Germain.

Por
Compartilhe

Prestes a volta a campo depois de um longo período de recuperação no pé direito – mas agora pela Seleção Brasileira, Neymar é o assunto do momento no “Velho Continente”, principalmente para os jornais espanhóis que destacam a todo o momento a possível ida do craque brasileiro ao Real Madrid.

A última informação a respeito foi publicada pelo jornal “ARA”, da Espanha, que revelou nesta quinta-feira que Neymar e Real Madrid estariam acertados, faltando apenas o “ok” do Paris Saint-Germain para confirmar a transferência. Entretanto, o dono do clube francês, Nasser Al-Khelaifi, deu uma declaração no início da semana garantindo que o camisa 10 do PSG ficaria no clube na busca pelo tão sonhado título da Champions League.

Dono do PSG em visita a Neymar, no Rio de Janeiro quando esse se recuperava no Brasil.Dono do PSG em visita a Neymar, no Rio de Janeiro quando esse se recuperava no Brasil.

Mas o diário “El País”, também da Espanha, trouxe outras informações na última terça-feira, informando que os franceses aceitariam negociar o craque brasileiro por uma oferta superior a 370 milhões de euros, algo em torno de R$ 1,6 bilhões.

Os mesmos jornais espanhóis, ainda publicaram durante a semana que Florentino Pérez – presidente do clube merengue estaria disposto a investir pesado em Neymar, visto que o mesmo pretende realizar uma transformação geral no elenco do Real Madrid, para a próxima temporada.

Pérez estaria disposto a oferecer 300 milhões de euros para tirar Neymar, do Paris Saint-Germain – quantia essa que ficaria abaixo do exigido pelo dono do clube francês.

Como já informamos no início da matéria, Neymar está liberado pelos médicos para voltar a treinar após sua recuperação de uma cirurgia no pé direito e sua volta aos gramados não deverá ser pelo Paris Saint-Germain – seu atual clube, que fará sua última partida na temporada no final de semana, mas sim pela seleção Brasileira, na preparação para a Copa do Mundo, que será disputada na Rússia, a partir do próximo mês.

Comentários