Visando um possível retorno do futebol no país, os organizadores da Premier League deverão na próxima semana se reunir através de videoconferência para explicar os procedimentos de segurança e de saúde com o retorno das atividades.

Segundo informações do jornal "Sportsmail", alguns atletas dos principais clubes do país, não estão contentes com essa ideia e de acordo com o mesmo, alguns desses poderão informar seus times que não desejam recomeçar os treinos em grupos já na próxima semana.

Depois do encontro dos organizadores do Campeonato Inglês com os clubes, esses por sua vez irão se reunir com seus atletas para repassarem as informações sobre a volta as atividades e os métodos de segurança a serem seguidos. A videoconferência entre jogadores e clubes também dará oportunidade a esses expressarem seus sentimentos.

Premier League - o campeonato inglês.
Premier League - o campeonato inglês.

Entre os jogadores preocupados com uma possível volta precoce do futebol na "Terra da Rainha", estão: Kun Agüero, Lanzini e Danny Rose, que já declararam publicamente que estão preocupados com o retorno das atividades.

Vale lembrar que nesta última segunda-feira os organizadores da Premier League lançaram um protocolo denominado de "Projeto Recomeçar", que traz as medidas a serem seguidas pelos clubes assim que retomarem as atividades (com medidas sanitárias adotadas em diversos países que voltaram, de forma gradual, as sessões de treinos), mas com o descontentamento por parte dos jogadores que atuam no país, dificilmente ele passará em votação que conta com o "apoio" dos atletas.

Países como Alemanha e Espanha já voltaram às atividades físicas e com bola, inclusive com a Bundesliga voltando a campo já no próximo final de semana - a LaLiga planeja retornar a partir do dia 12 de junho ao gramados.