De Gea sai irritado de campo e não entende o que acontece com o Manchester United

O time do goleiro espanhol perdeu a sua terceira partida pela Premier League; em oito jogos até aqui disputados na temporada - com duas vitórias e três empates.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Um dos maiores astros do atual elenco do Manchester United e que recentemente renovou seu vínculo com os "Reds Devils", diz não entender o desempenho da equipe neste início de temporada. Aqui falamos do goleiro David de Gea, que após tomar um gol do jovem Matty Longstaff, na vitória por 1 a 0 do Newcastle, em uma partida pra lá de ruim de sua equipe pela Premier League, não aguentou e disse que "jamais havia passado por um momento tão ruim no clube".

O Manchester United em 90 minutos ameaçou o gol adversário com apenas um chute a queima-roupa de Andreas Pereira e uma finalização de Harry Maguire, que nem assustou o goleiro Dubravka - do Newcastle.

De Gea - goleiro do Manchester United.
De Gea - goleiro do Manchester United.

"Não criamos nenhuma chance. Nós defendemos bem. A equipe precisa acelerar. Temos algumas lesões graves, mas isso não é desculpa. Nós somos o Manchester United e precisamos continuar treinando para vencer jogos difíceis", declarou uma goleiro bastante irritado ao "Sky Sports".

Com mais um resultado ruim, agora pela Premier League, o cargo de treinador de Solskjaer nos "Reds Devils" está começando a balançar e logo após a parada para os jogos das seleções em datas "FIFA" neste mês de outubro, o primeiro confronto do United será diante do Liverpool, que está na briga pelo título - lembrando que o Manchester United ocupa apenas a 12ª colocação na tabela de classificação.

Ao finalizar, De Gea foi perguntado sobre o que eles deveriam melhorar e o espanhol foi direto:

"Tudo. Muitas coisas para melhorar. Não sei exatamente o que dizer. Continue tentando, lutando, melhorando cada dia. É um momento complicado para nós. Sem dúvida o momento mais difícil que passei no clube. Não sei por que, o que está acontecendo. Desculpa aos fãs. Vamos continuar lutando. Vamos, nós concedemos um gol de um canto. Isso não pode acontecer. É inaceitável", encerrou o brabo goleiro do Manchester United.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal