Com aumento expressivo de novos casos de Coronavírus em jogadores e funcionários da Premier League, a Federação Inglesa de Futebol estuda a possibilidade de paralisar o Campeonato Inglês por até duas semanas, para que assim consiga conter o avanço da COVID-19. Tal informação que trazemos foi dada em primeira mão pelo jornal inglês "Telegraph".

O diário local destaca que essa pausa poderá ocorrer logo após a virada do ano, no mês de janeiro, onde essa possível determinação contaria com o aval dos clubes que participam do torneio. Para muitos, essa será uma tentativa de evitar uma suspensão mais prolongada, como ocorreu no começo deste ano - com jogos paralisados entre março a junho.

Casos de COVID-19

Vários jogadores e estafes dos times que disputam o Campeonato Inglês foram testados positivos para o Coronavírus nas últimas baterias de testes, tanto que a Liga informou nesta terça-feira - última, que identificou 18 novos casos da doença com exames realizados entre os dias 21 e 27 de dezembro; o maior número de contaminados desde agosto.

Jogos do Campeonato Inglês, por exemplo, já tiveram que ser cancelados horas antes da bola vir a rolar, como o duelo entre Manchester City x Everton, na última segunda-feira, que foi adiado.