Atenção! A Premier League acaba de confirmar um número recorde de novos casos de COVID-19 em toda a competição desde o início dos exames de testagem no mês de junho, quando o futebol no país retornou aos gramados.

A Liga que organiza o futebol na "terra da rainha" diz ter realizado 1479 testes em jogadores e estafes de clubes entre os dias 21 e 28 de dezembro, com 18 testes positivos. Porém, essa não divulgou os nomes desses jogadores contaminados com a COVID-19; tampouco seus respectivos clubes.

Como de praxe no protocolo de saúde da Inglaterra - dentro da Premier League, todo e qualquer jogador ou staff que for detectado positivo para o Coronavírus terá que ficar no mínimo 10 dias de quarentena.

Na última segunda-feira, no duelo entre Everton x Manchester City, o jogo fora cancelado pouco tempo antes da bola rolar por conta de casos de jogadores contaminados com o vírus. Vale ressaltar que esse não é o primeiro jogo nesta nova temporada a ser adiado por conta do Coronavírus, no início deste mês, o confronto entre Newcastle x Aston Villa também fora cancelado pelo mesmo motivo.

Segunda onda do Coronavírus

A "terra da rainha" está enfrentando a segunda onda de casos de COVID-19, onde recentemente fora encontrado uma segunda variante do vírus. Com essa nova cepa, as autoridades chegaram a bloquear as fronteiras e passaram a endurecer as regras de isolamento social na Inglaterra. A vacina já chegou ao país em destaque.