Justiça substitui prisão de Messi por multa

Argentino foi condenado pela justiça a 21 meses de prisão por fraude.

Por
Compartilhe

A pena aplicada a Messi por fraudar o fisco da Espanha entre os anos de 2007 e 2009 foi substituída por uma bem mais branda, uma multa que equivale a três dias de trabalho do craque. A multa aplicada ficou definina em 455 euros por dia de prisão - somando US$ 286 mil euros. Porém, com o novo contrato do jogador com o Barcelona, Messi vai receber em 500 mil euros por semana.

Messi no banco dos réusMessi no banco dos réus

Em maio deste ano o craque argentino Lionel Messi foi condenado pelo Supremo Tribunal espanhol a pagar 21 meses (1 ano e sete meses) de prisão por fraudar o fisco do país com os altos valores que o jogador arrecada pelo Barcelona e em publicidade. A pena se deu depois de uma audiência que considerou o argentino culpado por sonegar 4,1 milhões de euros entre 2007 e 2009, além de 10,1 milhões de euros que recebeu por direitos de imagem.

Leia também:

Para cada delito, o tribunal condenou Messi a sete meses de prisão, somando 21 no total. Há também uma pena para o Pai do craque que também foi revertida em multa.

Vale lembrar que Messi devolveu o valor que, supostamente, acobertou da justiça.

Messi seria preso?

Apesar da primeira condenação pedir a prisão do jogador, tanto Messi quanto seu pai são réus primários sem antecedentes criminais e, na Espanha, penas inferiores a dois anos podem ser cumpridas em liberdade condicional.

Mais sobre: Messi fisco multa
Comentários