A carreira sólida de Alex de Souza - reveja golaços

Alex é o craque ídolo que todo mundo queria ter em seu time. Há 20 anos ele fez sua estreia como jogador do Palmeiras.

Por
Compartilhe

Sabe aquele jogador que defende seu clube com unhas e dentes, vai contra a imprensa quando necessário, veste a camisa e ainda por cima mostra dentro de campo que é ídolo e craque. Alexsandro de Souza é um dos poucos jogadores de futebol que despertou esta ‘inveja’ em todos os clubes do Brasil, mas deixou seu nome marcado na história de Palmeiras, Cruzeiro, Coritiba e Fenerbahçe. Se liga nesta seleção de gols do cara:

O início

Em 1995 Alex subiu das categorias de base do Coritiba para os profissionais. Com 18 anos, marcou 32 gols em 124 jogos e despertou o interesse do Palmeiras. No clube paulista, Alex se tornou ídolo por sua categoria e o extremo profissionalismo. Por lá jogou 243 partidas e marcou 78 gols. Ele conquistou nada menos que uma Libertadores da América (1999), Copa Mercosul e Copa do Brasil (1998) pelo verdão.

Alex comemora ao lado do lateral ArceAlex comemora ao lado do lateral Arce

O meia teve ainda passagens pelo Flamengo e uma primeira participação no Cruzeiro de Minas Gerais; ambas com pouco tempo de trabalho até o retorno ao Palmeiras. Em 2002 Alex foi novamente negociado para o Cruzeiro e desta vez brilhou pelo clube mineiro. Venceu Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro além de marcar muitos golaços sob o comando de Vanderlei Luxemburgo. Essa combinação é suficiente para tornar Alex também ídolo para os torcedores azuis de Minas.

Fenerbahçe

Depois de tanto sucesso nos times brasileiros, Alex foi parar na Turquia para defender as cores do Fenerbahçe. Jogou 378 partidas e marcou 185 gols. Virou ídolo nestes oitos anos em que esteve por lá. Reveja gols:

Como todo bom ídolo e com vários postulantes a receber o craque na volta ao Brasil, Alex honrou o time que o lançou no futebol profissional e retornou ao Coritiba. Ele não conseguiu levar o Coritiba à títulos nacionais (venceu o campeonato paranaense 2013), mas trouxe muita alegrias aos torcedores com performances de craque e ídolo que é.

O anúncio do fim da carreira feio no final de 2014. Alex ainda fez em 2015 um jogo de despedida do Palmeiras e passou a comentar jogos por ESPN, participar de programas no Youtube e cumprir toda aquela agenda de ex-jogadores.

Craque e ídolo, camisa 10 do Fenerbahçe.Craque e ídolo, camisa 10 do Fenerbahçe.

Alex é um dos jogadores mais profissionais que já pisaram nos gramados brasileiros; justo e correto em suas ações, craque com a bola e um verdadeiro ídolo desejado por todos os times do país.

Vai dizer que você não queria um Alex no seu time?

Mais sobre: Jogadores Alex cabecao
Comentários