Paris Saint-Germain anunciou nesta última segunda-feira a renovação temporária de três jogadores de seu atual elenco - os contratos serão válidos até o final da temporada 2019/2020.

Aqui falamos então das renovações contratuais de Thiago Silva, Eric Maxim Choupo-Moting e Sergio Rico. Ficando assim de fora o atacante uruguaio Edinson Cavani, que está se despedindo do clube francês nesta quarta-feira, quando encerra seu contrato com o clube francês.

Cavani deverá assinar contrato com o Atlético de Madrid para a próxima temporada, com isso o atacante estará retornando a sua antiga casa antes de assinar com o PSG.

Edinson Cavani não vestirá mais a camisa do PSG, se despendindo assim do clube francês
Edinson Cavani não vestirá mais a camisa do PSG, se despendindo assim do clube francês

Voltando aos três jogadores que tiveram seus vínculos renovados, os mesmos se não assinassem os mesmos ficariam sem clube a partir desta terça-feira - antes do término dos campeonatos. Assim eles poderão defender o Paris Saint-Germain nas finais da Copa da França - diante do Saint-Etienne, no dia 24 de julho e da Copa da Liga Frances - contra o Lyon, no dia 31 de julho e também poderão ainda vestir a camisa do clube na reta final da Champions League, que será finalizada em Lisboa, entre os dias 12 e 23 de agosto.

Vale ressaltar que mesmo tendo seu vínculo estendido até o final de agosto, Thiago Silva, por exemplo, dificilmente permanecerá no Parque dos Príncipes para a próxima temporada - seu destino mais certo deve ser a volta ao futebol italiano - onde já defendeu o Milan ou ainda partir para o futebol inglês.

Aqui não podemos esquecer o lateral Meunir, que assim como Cavani não aceitou prolongar seu contrato e com isso não defenderá mais o PSG quando esse retornar aos gramados neste final de temporada. Meunir já acertou sua transferência para o futebol alemão, onde assinará com o Borussia Dortmund nos próximos dias.